Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8313
Título: Resultado de enfermagem comportamento de prevenção de quedas : validação de indicadores
Título em inglês: Nursing outcome fall prevention behavior : validation of indicators
Autor(es): Costa, Alice Gabrielle de Sousa
Orientador(es): Araújo , Thelma Leite de
Coorientador(es): Cavalcante, Tahissa Frota
Palavras-chave: Estudos de Validação
Acidentes por Quedas
Acidente Vascular Cerebral
Data do documento: 2014
Citação: COSTA, A. G. S. (2014)
Resumo: Este estudo teve como objetivo validar o resultado de enfermagem Comportamento de prevenção de queda, apresentado pela Nursing Outcomes Classification (NOC). O processo de validação focalizou pessoas acometidas por acidente vascular cerebral (AVC) e seus cuidadores, com foco no contexto domiciliar. Estudo do tipo metodológico, realizado em duas etapas (validação de conteúdo e clínica) a partir de um instrumento proposto por Vitor (2010), o qual apresentou para o resultado 28 indicadores e definições operacionais direcionadas inicialmente à população em geral. Estes foram revistos e organizados em 22 indicadores voltados ao ambiente domiciliar, local onde acontece o tipo mais comum de queda, a da própria altura. A etapa de validação de conteúdo foi iniciada com avaliação do instrumento por juízes quanto à aparência. Em seguida, 22 especialistas avaliaram os títulos e definições de cada indicador, segundo os critérios psicométricos de simplicidade, clareza, precisão e adequação. Após atendimento às sugestões dos especialistas, procedeu-se à validação clínica, precedida por um teste piloto para ajustes à população. Etapa realizada por duas duplas de profissionais treinados, no ambulatório de dois hospitais de referência ao atendimento a pacientes com AVC, com participação de 106 pacientes e/ou cuidadores. Uma dupla aplicou o instrumento com as definições operacionais e outra aplicou o instrumento contento apenas títulos e escala da NOC. Os dados foram organizados em planilhas e analisados com o software SPSS 22. Para a etapa de validação de conteúdo foi calculado teste binomial, enquanto que, para a etapa clínica, utilizaram-se os testes de Friedman para verificar diferença entre avaliadores, análise da diferença mínima significante (DMS), Alfa de Cronbach e Coeficiente de Correlação Intraclasse (CCI) para comparação das avaliações. O projeto foi apreciado por Comitê de Ética em Pesquisa, aprovado sob os Pareceres nº 49.912 e nº 392.531; todos os participantes foram orientados quanto aos objetivos e assinatura do Termo de Consentimento. Na validação de conteúdo, a maioria dos especialistas foi de mulheres, média de 33,1 anos, 9,5 anos de formação, doutores, profissionais de Instituições de Ensino Superior. Os indicadores que se apresentaram estatisticamente significantes, pelo teste binomial, foram: Prende pequenos tapetes e Controla a inquietação, e todos apresentaram-se apropriados ao paciente com AVC (100% e p=1,000). Na etapa clínica, houve discreta predominância de homens participantes (51,9%), na maioria idosos, casados, aposentados, com baixa escolaridade e renda, residindo com a família e com sequelas físicas do AVC, implicando a necessidade de um cuidador. O teste de Friedman indicou diferenças entre avaliação das duplas em doze indicadores (p <0,05), destes, cinco demonstraram diferenças nas médias de postos maiores que a DMS. Todos os indicadores apresentaram-se estatisticamente significantes (p<0,001) e satisfatórios segundo o (CCI). Esta etapa foi importante para constatação da manutenção ou não de indicadores, que totalizaram 18 ao final. Assim, de forma geral, observou-se que houve maior concordância entre a dupla que utilizou o instrumento com as definições de cada indicador. Destaca-se a eficácia do processo de construção de referentes empíricos e adequação a populações específicas, bem como a necessidade contínua de estudos nesta linha de conhecimentos.
Abstract: This study aimed to validate the nursing outcome Fall prevention behavior from the Nursing Outcomes Classification (NOC). The validation process focused on people with stroke and their caregivers in the home context. This is a methodological study performed in two stages (content and clinical validation) by a tool proposed by Vitor (2010) who presented 28 indicators and operational definitions related to the general population. The tool was revised and organized in 22 indicators towards to the home environment which is the most common place where falls from height happen. The content validity stage was started with assessment by judges about the appearance. Then, 22 specialists evaluated the titles and definitions of each indicator according to psychometric criteria of simplicity, clearness, precision and suitability. After perform the changes suggested by the specialists, the clinical validation was performed at first by a pilot test in order to adjust the tool to the population. This stage was developed with 106 patients and/or caregivers interviewed by two pairs of trained professionals in the ambulatory service of two hospitals that are reference in the care of people with stroke. One pair of evaluators applied the form with the operational definitions while the other pair applied the form with only the titles and NOC scale. The data were organized in sheets and analyzed by the SPSS 22 program through the calculation of the binomial test. The clinical validation stage applied the Friedman test to verify differences among the evaluators, the calculation of the minimum significant difference (MSD), Cronbach alpha and intraclass correlation coefficient (ICC) to compare the evaluators’ assessment. The study was approved by an Ethical Committee by the nº49.912 and nº392.531; all the participants (specialists, patients and caregivers) were oriented about the goals and the Consent Term. At the content stage, the specialists were most female, with age average of 33.1 years old, 9.5 years of graduation, PhD, working in Post-secondary Institutions. The indicators statistically significant by the Binomial test were: Attaches small rugs and Controls restlessness and all of them were appropriated to the patient with stroke (100% and p=1.000). Most participants were male (51.9%), elderly people, married, retired, with low school grade and low income, living with family and with physical sequelae from the stroke, which requires the need of a caregiver. The Friedman test showed differences in the evaluations of the pairs of professionals for twelve indicators (p<0.05), five of them showed difference in the mean rank higher than the MSD. All the indicators showed statistical significance (p<0.001) and the ICC. This stage was important to realize the need of keeping or not the indicators, which were 18 at the end. Thus, it is noted that the tests showed more agreement between de pair that used the tool with the indicators for each definition. It is possible to highlight the efficiency of empirical references construction and its suitability to specific populations, besides the need of continuous researches in this field of study.
Descrição: COSTA, Alice Gabrielle de Sousa. Resultado de enfermagem comportamento de prevenção de quedas : validação de indicadores. 2014. 160 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2014.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8313
Aparece nas coleções:DENF - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_tese_agscosta.pdf1,45 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.