Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8386
Title in Portuguese: Detecção da diversidade e associação de Lasiodiplodia theobromae com o cajueiro utilizando marcadores microssatélites.
Title: Detection and diversity of Lasiodiploidia theobromae assiciated with cashew plants using microssatellites markers.
Author: Farias, Fábio Costa
Advisor(s): Cardoso, José Emilson
Keywords: Fitopatologia
SSR
PCR
Resinose
Podridão preta das hastes
Issue Date: 2008
Citation: FARIAS, F. C. Detecção da diversidade e associação de Lasiodiplodia theobromae com o cajueiro utilizando marcadores microssatélites. 2008. 42 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitotecnia) - Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2008.
Abstract in Portuguese: A cultura do cajueiro representa uma das mais importantes atividades agroindustriais do Nordeste do Brasil, sobretudo pelo seu caráter social e econômico para esta região. Entretanto, a ocorrência epifítica de doenças como a resinose e a podridão-preta-da-haste, ambas causadas pelo fungo Lasiodiplodia theobromae, têm produzido severas perdas principalmente nas regiões semi-áridas. Essas já assumem a posição de principais doenças em algumas regiões do semi-árido nordestino. Entretanto, os conhecimentos básicos sobre a biologia populacional, constituição genética e interação do patógeno com as plantas hospedeiras, por exemplo, são reduzidos e superficiais, não permitindo significativos avanços no manejo dessas enfermidades. Este estudo teve como objetivos estabelecer uma população de isolados L. theobromae associados ao cajueiro em diferentes micro-regiões do nordeste brasileiro, determinar a capacidade deste fungo sobreviver endofiticamente em tecidos de cajueiro e caracterizar geneticamente essa população usando marcadores microssatélites. Inicialmente, foram coletadas amostras de caules de cajueiro em três ecossistemas naturais brasileiros visando isolar o patógeno. Foi estabelecida uma população de 41 isolados de L. theobromae associados ao cajueiro. Bioensaios visando a determinação da sobrevivência do fungo em tecidos não infectados, mas próximos às lesões foram desenvolvidos a partir de amostras de caules com resinose. Uma sub-população de 15 isolados de L. theobromae foi usada na extração de DNA e posterior submissão a reações de polimerase (PCR) em cadeia usando 15 primers flanqueadores de regiões contendo seqüências simples repetidas (microssatélites). Os produtos amplificados do PCR foram observados em gel de eletroforese corados com brometo de etídio e analisados pelo método de agrupamento não balanceado baseado na média aritmética (UPGMA), estimando-se as similaridades genéticas pelo coeficiente de Nei e Li. L. theobromae foi isolado de tecidos do caule do cajueiro até 90 cm de distância da extremidade da lesão característica de resinose nos dois sentidos (ascendente e descendente) em relação à lesão, confirmando o comportamento endofítico desse fungo em cajueiro. Uma grande variabilidade genética da população avaliada, representada por 16 grupos de similaridade variando de 91% a 5%, foi observada. Nenhum isolado foi igual (100% similaridade). As maiores similaridades (91%) foram observadas entre isolados comprovadamente patogênicos e supostamente endofíticos.
Abstract: The cashew crop is one of the most important agribusiness activity in northeastern Brazil, mainly due to its social and economic impact in that region. Nevertheless, severe outbreaks of gummosis and black branch dieback, both caused by the fungus Lasiodiplodia theobromae have imposed great losses under semi-arid conditions. Presently, these diseases are the most important ones over semi-arid conditions in Northeast Region. However, the limited amount of basic knowledge about population biology, genetic structure and pathogen, host and environment interaction are likely to hinder the efforts to manage this pathogen. This study was developed in order to establish a L. theobromae population associated with cashew plant from different ecological regions in the northeastern Brazil, to determine the survival endophytic ability of this fungus in cashew tissues and to characterize this population by using microsatellite markers. Initially, samples of cashew stems were gathered from three natural ecosystems in Brazil in order to isolate L. theobromae. A population of 41 isolates associated with cashew was obtained. Bioassays aiming to determine the surviving ability of this fungus in non infected tissues close to gummosis lesions were conducted using sampled stems. A subpopulation of 15 isolates of L. theobromae was used for DNA extraction followed by polimerase chain reaction (PCR) using 15 oligonucleotides primers designed to amplify microsatellites regions. PCR products were observed on agarose gel in ethidium bromide electrophoresis and analyzed by the unweighted pair-group method with arithmetic mean (UPGMA) by the Nei and Li similarity coefficient. L. theobromae was successfully isolated from cashew tissues as far as 90 cm from the border of the gummosis lesion in both up and down directions. This result confirms the endophytic behavior of this fungus in cashew plant. A great genetic variability of L. theobromae population was observed as determined by 16 similarities groups varying from 91% to 5%. None isolate achieved 100% similarity. The greatest similarity was found between pathogenic and endophytic isolates.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8386
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGFIT - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_dis_fcfarias.pdf889,3 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.