Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8406
Título: Balneabilidade e suscetibilidade antimicrobiana de enterococos em águas tropicais
Título em inglês: Bathing suitability and antimicrobial susceptibility of enterococos in tropical coastal waters
Autor(es): Barreto, Norma S. Evangelista
Carvalho, Fátima C. T. de
Menezes, Francisca G. R. de
Silva, Camila M.
Sousa, Oscarina V. de
Vieira, Regine H.S. Fernandes
Rocha, Rafael S.
Palavras-chave: Enterococcus faecalis
Praias - Poluição
Data do documento: 2012
Editor: Artigos da Revista de Ciências do Mar
Citação: BARRETO, N. S. E. ; CARVALHO, de T. C. F. ; MENEZES, de R. G. F. ; SILVA, M. C. ; ROCHA, R. S.; SOUSA, de V. O. ; VIERA, R. H. S. (2012)
Resumo: A balneabilidade de três praias e o perfil de susceptibilidade de estirpes de Enterococcus faecalis e E. faecium a diferentes antimicrobianos foram estudados semanalmente na cidade de Fortaleza, Ceará, durante 14 semanas. As águas das praias 1, 2 e 3 se apresentaram impróprias para balneabilidade em 40%, 60% e 80%, respectivamente. Enterococcus faecalis (63,5%) foi a espécie predominante em todos as praias, seguido de E. faecium (36,5%). Na praia 2 se isolou 36,5% das estirpes, seguido da praia 1 (34,6%) e praia 3 (28,8%). Elevada resistência foi observada para o ácido nalidíxico (94,3%), tetraciclina (26,4%) e amicacina (26,0%) e susceptibilidade a ampicilina e o imipenem. Enterococcus faecalis também foi susceptível a vancomicina e E. faecium a penicilina. Perfil de multiresistência foi observado em 88,5% das cepas (índice MAR >0,18), tendo três cepas apresentado resistência a seis antibióticos. O perfil de multiresistência dos isolados é preocupante uma vez que se tem observado o aumento da resistência em bactérias autoctones no ambiente marinho.
Abstract: The bathing suitability of three beaches and the antimicrobial susceptibility profile of Enterococcus faecalis and E. faecium lineages to various antimicrobials were studied weekly for 14 weeks in the city of Fortaleza, Ceará, Brazil. The water of the beaches 1, 2 and 3 was considered unsuitable for bathing (40%, 60% and 80%, respectively). Enterococcus faecalis was the predominant species (63.5%) in the water of the three beaches, followed by E. faecium (36.5%). Most lineages (36.5%) were isolated in beach 2; 34.6% were isolated in beach 1, and 28.8% in 3. High antimicrobial resistance to nalidixic acid (94.3%), tetracycline (26.4%) and amicacine (26.0%) was observed. All strains showed 100% susceptibility to ampicillin and imipenem. Enterococcus faecalis was also susceptible to vancomycin and E. faecium to penicillin. Multiple resistance profile was observed in 88.5% (MAR >0.18) of the strains, three of which were resistant to six antimicrobials. Considering the resistance increase of autochthonous bacteria observed in the marine environment, special attention should be paid to the multiple resistance profile of the isolates.
Descrição: BARRETO, N. S. E. et al. Bathing suitability and antimicrobial susceptibility of enterococos in tropical coastal waters. Arquivos de Ciências do Mar. Fortaleza, v. 45, n. 1, p. 62-68, 2012.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8406
Aparece nas coleções:LABOMAR - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_art_nsebarreto (2).pdf405,71 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.