Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8454
Title in Portuguese: Avaliação da adesão, índice de complexidade de medicamentos e técnica de uso de dispositivos inalatórios em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica
Title: Evaluation of membership, complexity index of drugs and devices for use techniques in patients with pulmonary inhalational chronic obstructive
Author: Diniz, Nayara Otaviano
Advisor(s): Fonteles, Marta Maria de França
Keywords: Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica
Terapia Respiratória
Issue Date: 2014
Citation: DINIZ, N. O. Avaliação da adesão, índice de complexidade de medicamentos e técnica de uso de dispositivos inalatórios em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica. 2014. 80 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2014.
Abstract in Portuguese: A doença pulmonar obstrutiva crônica, é uma doença comum, evitável e tratável, caracterizada por obstrução persistente das vias aéreas e dos pulmões, geralmente progressiva e associada a uma resposta inflamatória crônica desencadeada por partículas ou gases nocivos. Os pacientes portadores de Doença pulmonar obstrutiva crônica representam um grande impacto no aumento dos atendimentos clínicos, assim como nos gastos econômicos com a saúde para proporcionar melhor qualidade de vida. Este trabalho caracteriza o perfil farmacoepidemiológico, a adesão à terapia medicamentosa, complexidade da farmacoterapia e o desempenho do uso de dispositivos inalatórios em indivíduos atendidos em um ambulatório de um hospital de referência em tratamento de doenças pulmonares. Trata-se de um estudo descritivo, exploratório e transversal. Foram entrevistados 83 indivíduos, com predominância do sexo masculino, idade média de 68,22 anos e baixa escolaridade. A média do número de medicamentos por paciente foi de 5,58, caracterizando a polifarmácia, e 81,9% tinham algum tipo de comorbidade. A prevalência encontrada foi de média adesão (45,8%). A resposta mais frequente entre as perguntas realizadas para mensurar a adesão foi a referente aos esquecimentos dos pacientes em tomarem seus medicamentos diariamente (38,6%). A complexidade terapêutica teve valor médio de 15,9 pontos, um escore elevado que revela as dificuldades existentes no seguimento do tratamento. Após avaliação dos dispositivos inalatórios constatou-se que quanto ao uso de inaladores de pó seco Aerolizer a técnica foi considerada boa em 62,5% dos pacientes, o uso de inalador Respimat® foi “bom” em 70,96% dos casos e o uso de aerossol dosimetrado mostrou-se regular em 64,7%. A avaliação do uso dos dispositivos encontrou falhas em várias etapas consideradas essenciais para o seu manejo adequado. A partir destes dados, se fazem necessárias estratégias que visem potencializar ações para melhorar a adesão à terapia e uma avaliação contínua do uso dos dispositivos inalatórios, minimizando complicações para o paciente.
Abstract: Chronic obstructive pulmonary disease is a common, avoidable and treatable disease characterized by persistent obstruction of the airways and lungs. This disease is usually progressive and associated with a chronic inflammatory response set off by noxious particles or gases. Patients with chronic obstructive pulmonary disease, represents a great impact on the increase of clinical care, as well as the economic health spending to provide better quality of life. This study characterizes the pharmacoepidemiological profile, adherence to drug therapy, pharmacotherapy complexity and performance of using inhalation devices in outpatient’s subjects of a referral hospital for treatment of pulmonary diseases. This is a descriptive, exploratory and transversal study. 83 individuals were interviewed, with a predominance of males, a mean age of 68.22 years, and low schooling. The average number of medications per patient was 5.58, characterizing the polypharmacy, and 81.9% had some type of comorbidity. The founded prevalence was mean adherence rate (45.8%). The most frequent response among the questions asked to measure adherence was related to forgettings (38.6%). The complexity therapy had a mean value of 15.9 points, a high score that reveals the difficulties in following the treatment. After evaluation of inhalation devices was found that as the use of dry powder inhaler Aerolizer, the technique was considered good in 62.5% of patients, the use of Respimat ® inhaler was "good" in 70.96% of cases and the use of metered-dose aerosol showed to be regular in 64.7%. The evaluation of the use of the devices found flaws in several steps considered essential for their proper management. From these data, are needed strategies that aimed at enhancing actions to improve adherence to therapy and ongoing evaluation of inhalation devices, minimizing complications for the patient.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8454
Appears in Collections:DFAR - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_dis_nodiniz.pdf561,48 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.