Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8483
Title in Portuguese: Uso do regulador de crescimento daminozide no cultivo de pimenta (Capsicum annuum L.) e girassol (Helianthus annuus l.) ornamental em vasos com fibra de côco e areia.
Title: USE OF THE GROWTH REGULATOR DAMINOZIDE IN THE CULTURE OF ORNAMENTAL PEPPER (Capsicum annuum L.) AND SUNFLOWER (Helianthus annuus L.) IN POTS WITH COCONUT FIBER AND SAND.
Author: Lima, Ingrid Bernardo de
Advisor(s): Takane, Roberto Jun
Co-advisor(s): Lacerda, Claudivan Feitosa de
Keywords: Fitotecnia
Floricultura
cultivo em vasos, inibidor de giberelina
substratos.
Plantas ornamentais - Cultivo
Girassol - Cultivo
Pimenta - Cultivo
Substâncias de crescimento - Regulador de crescimento
Issue Date: 2012
Citation: LIMA, Ingrid Bernardo de. Uso do regulador de crescimento daminozide no cultivo de pimenta (Capsicum annuum L.) e girassol (Helianthus annuus l.) ornamental em vasos com fibra de côco e areia. 2012. 113 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitotecnia) - Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012.
Abstract in Portuguese: O cultivo de girassol e pimenta como plantas ornamentais envasadas vem se destacando na floricultura por serem produtos inovadores e de grande atratividade, fazendo-se inédito a produção e condução de pesquisas com estas espécies nas condições climáticas de Fortaleza e Ceará. Visando a manipulação da arquitetura de plantas, na busca de menores alturas e adequados aspectos ornamentais para o cultivo em vasos faz-se necessário a utilização de substâncias redutoras de crescimento e de substratos para sua produção. Dentre deste foco, foram realizados dois experimentos com o objetivo de avaliar, nas condições climáticas de Fortaleza, o efeito de três aplicações de diferentes concentrações do redutor de crescimento daminozide em plantas de pimenta e girassol ornamental em vasos contendo como substratos fibra de côco (FC) e areia. Os experimentos foram conduzidos em casa de vegetação e distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado seguindo um esquema fatorial 2x5 constituído por dois tipos de substrato (FC e areia) e cinco concentrações de daminozide (0 (controle), 2, 4, 6 e 8 g.L-1 ) na qual foram aplicadas por três vezes a intervalos quinzenais. Referente ao experimento com pimenta ornamental, a primeira aplicação do regulador foi realizada aos 25 DAS, no qual foram analisadas as seguintes variáveis: índice relativo de clorofila (spad) e trocas gasosas foliares, aos 80 DAS, altura da planta (cm), diâmetro do caule (mm), massa seca (g) de folhas, caules, raízes e frutos, área foliar (cm²), razão de área foliar (cm².g-1), área foliar específica (cm².g-1), razão raiz parte área, número, largura, comprimento (mm), relação comprimento/largura dos frutos, aos 83 DAS. No experimento com girassol, a primeira aplicação foi realizada aos 15 DAS, sendo analisadas as variáveis: índice relativo de clorofila (spad) e trocas gasosas foliares, aos 37 DAS, altura da planta (cm), diâmetro do caule (mm), diâmetro interno do capítulo (mm), dias da semeadura até a antese, número de capítulos por planta, massa seca de folhas, caules e raízes (g), área foliar (cm²), razão de área foliar (cm².g-1), área foliar específica (cm².g-1) e razão raiz parte área, aos 53 DAS.Tanto para pimenta quanto para girassol as concentrações do regulador foram eficientes em reduzir o porte das plantas nos dois substratos utilizados, notando que as plantas cultivadas na areia mostraram-se com menor altura, vigor e desenvolvimento em relação as plantas na FC. Verificou-se em plantas de pimenta que o aumento das concentrações causou aumentos no diâmetro de seus caules, redução no número, largura e comprimento dos frutos, em sua área foliar, aumento na espessura de suas folhas, na qual apresentaram-se com coloração verde intensa. Houve interação significativa entre substratos e concentrações de daminozide na condutância estomática das pimenteiras, sendo sua transpiração e fotossíntese líquida influenciadas apenas pelas concentrações do regulador. Em plantas de girassol verificou-se que com o aumento das concentrações houve reduções no diâmetro de seus caules, no diâmetro interno dos capítulos, atrasos em sua antese, folhas mais espessas e com verde mais intenso e reduções em sua área foliar. Condutância estomática, transpiração e fotossíntese líquida nas plantas de girassol sofreram apenas efeito dos substratos, no qual plantas cultivadas fibra de coco apresentaram maior atividade fotossintética.
Abstract: The culture of sunflower and pepper as potted ornamental plants has been highlighted in flower farming by being innovative products of great attractiveness. And there is no record on the production and researches with these species under climatic conditions of Fortaleza and Ceará State. Aiming the manipulation of plant architecture and the search for species with lower heights and suitable ornamental traits for the culture in pots it is necessary to use growth-reducing substances and substrates that maximize their production. With this, two experiments were performed with the purpose to evaluate, under the climatic conditions of Fortaleza, the effect of three applications of different levels of the growth regulator daminozide in ornamental plants of pepper and sunflower in pots containing coconut fiber (FC) and sand. The experiments were conducted in greenhouse and distributed into a completely randomized design in a factorial scheme 2x5 composed of two types of substrate (FC and sand) and five levels of daminozide (0 (control), 2, 4, 6 and 8 g.L-1) in which were applied three times at fortnightly intervals. In relation to the ornamental pepper, the first application of the regulator was performed at 25 DAS, being analyzed the following variables: relative chlorophyll index (spad) and leaf gas exchange, at 80 DAS, plant height (cm), stem diameter (mm), dry matter (g) of leaf, stem, root, and fruit, leaf area (cm²), leaf area ratio (cm².g-1), specific leaf area (cm².g-1), dry root: dry shoot ratio, number, width, length (mm) and length:width ratio of fruits , at 83 DAS. In the experiment with the sunflower, the first application was made at 15 DAS, being analyzed the variables: relative chlorophyll index and leaf gas exchange, at 37 DAS, plant height (cm), stem diameter (mm), internal diameter of the head (mm), days from sowing to anthesis, number of head per plant, dry matter of leaf, stem and root (g), leaf area (cm²), leaf area ratio (cm².g-1), specific leaf area (cm².g1), dry root: dry shoot ratio, at 53 DAS. Both for pepper and sunflower, the levels of the growth regulator were effective to reduce the size of the plants in the two substrates, but in the sand, the plants have had lower height, vigor and development compared with the plants on the FC. In pepper plants, increased levels led to increased stem diameter, reduction in the number, width and length of fruit, in leaf area, increase in leaf thickness, which had intense green color. A significant interaction was detected between the substrates and the levels of daminozide in the stomatal conductance of pepper plants, and the transpiration rate and net photosynthesis were only influenced by the levels of the growth regulator. In sunflower plants, higher levels caused reduction in stem diameter, in internal diameter of head, late anthesis, thicker leaves with intense green color, and reduced leaf area. Stomatal conductance, transpiration, and net photosynthesis of sunflower plants were only affected by substrates, with the plants grown on FC presenting a higher photosynthetic rate.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8483
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGFIT - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_dis_iblima.pdf1,55 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.