Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8491
Title in Portuguese: Resistência de genótipos de Vigna unguiculata (L.) Walp.à Aphis craccivora Koch e Crinocerus sanctus Fabricius.
Title: Genotypes of Vigna unguiculata (L.) Walp. resistance to Aphis craccivora Koch and Crinocerus sanctus Fabricius.
Author: Silva, Jefté Ferreira da
Advisor(s): Bleicher, Ervino
Keywords: Entomologia agrícola
Feijão-de-corda
Pulgão-preto
Cis-jasmona
Preferência
Issue Date: 2008
Citation: SILVA, J. F. Resistência de genótipos de Vigna unguiculata (L.) Walp.à Aphis craccivora Koch e Crinocerus sanctus Fabricius. 2008. 67 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitotecnia) - Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará, 2008.
Abstract in Portuguese: O pulgão-preto-do-feijoeiro (Aphis craccivora Koch, 1854) é uma das mais importantes pragas do feijão-de-corda (Vigna unguiculata (L.) Walp.) e é citada como praga chave desta cultura. Uma das formas mais simples de controle é a resistência da planta a esta praga podendo ser esta resistência natural ou induzida. Objetivou-se com este trabalho avaliar genótipos de Vigna unguiculata (L.) Walp. quanto a resistência genética natural ao pulgão-preto e observar o efeito de um indutor de resistência, a cis-jasmona, sobre o feijão-de-corda para o controle do pulgão e do percevejo e os efeitos deste indutor sobre a produção. Em casa de vegetação foram realizados experimentos de preferência com e sem chance de escolha para definir quais dos vinte genótipos testados possuíam resistência natural e de preferência após a aplicação de cis-jasmona na concentração de 50 g/ha no genótipo Vita 7. Também foi realizado experimento para mensurar o tempo de uma geração de Aphis craccivora nos genótipos EPACE 10 e Vita 7. O experimento de campo foi realizado em Quixadá, Ceará, onde foi aplicado a cis-jasmona na concentração de 39,06 g/ha e 78,13 g/ha no genótipo EPACE 10 para observar a infestação de Aphis craccivora, percevejos e um possível efeito do indutor sobre a produção. Os genótipos TVu 408P2, TVu 410, TVu 36 e TVu 1037 apresentaram resistência natural sendo os menos preferidos pelo pulgão. A cis-jasmona não influenciou na resistência ao pulgão uma vez que o tratamento com o produto não diferiu da testemunha sem aplicação. O tempo médio para uma geração de pulgão no genótipo Vita 7 foi, em média, cinco dias e dezenove horas. No genótipo EPACE 10 nenhum pulgão completou o ciclo. Em campo a infestação por pulgão foi baixa devido à resistência natural do genótipo utilizado não apresentando diferença entre os tratamentos. Também não houve diferença estatística entre os tratamentos para o ataque dos percevejos que surgiram na área do experimento. A cis-jasmona não influenciou a produção do feijão-de-corda.
Abstract: The cowpea black aphid (Aphis craccivora Koch, 1854) is the most important insect pest of cowpea beans (Vigna unguiculata (L.) Walp.) and is cited as a key pest of this crop. One of the easiest way for its control is by the use of plant resistance to this pest being those natural or induced resistance. The objective of this research was evaluate natural resistance of Vigna unguiculata (L.) Walp. genotypes against black aphid and observe the effect of an resistance inductor, the cis-jasmone on cowpea to control aphid and a true bug and the effects of this material on production parameters. In green house were realized choice and no choice essays to search among 20 genotypes whose would have natural resistance and preference after cis jamone spray at a rate of 50g/ha on the Vita 7 cultivar. It also was realized one bioassay to determine the length of one generation on EPACE 10 and Vita 7 genotypes. The field work was done at Quixada, Ceará State (Brazil) by applying cis-jasmone at the dosage of 39.06 g/ha and 78.13 g/ha using EPACE 10 variety and observe the infestation of Aphis craccivora and bugs and a possible effect on production. The genotypes TVu 408P2, TVu 410, TVu 36 and TVu 1037 presented natural resistance being less susceptible to the aphid. Cis-jasmine had no effect, as resistance is concerned, on aphid population when compared to untreated control plants. O mean generation time of aphid on Vita 7 cultivar was five days and nineteen hours. No insect completed its life cycle on EPACE 10. In field the low insect level, is believed to be due to the natural resistance of genotype used, so no treatment differences were observed. There was also no difference for bug in the evaluation done. Cis-jamone had no effect on production parameters.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8491
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGFIT - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_dis_jfsilva.pdf1,01 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.