Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8527
Title in Portuguese: Influência da cultura machista na educação dos filhos e na prevenção das doenças de transmissão sexual : vozes de mães de adolescentes
Title: Infl uence of male culture in children's education and prevention of sexually transmitted disease : voices of mothers of adolescents
Author: Maia, Carlos Colares
Silva, Kelanne Lima da
Ferreira, Adriana Gomes Nogueira
Gubert, Fabiane do Amaral
Scopacasa, Ligia Fernandes
Pinheiro, Patrícia Neyva da Costa
Vieira, Neiva Francenely Cunha
Keywords: Adolescente
Educação em Saúde
Issue Date: Oct-2013
Publisher: Adolescência & Saúde
Citation: MAIA, C. C. ; SILVA, K. L. Influência da cultura machista na educação dos filhos e na prevenção das doenças de transmissão sexual : vozes de mães de adolescentes. Adolesc. Saude, Rio de Janeiro, v. 1, n. 4, p. 17-24, out./dez. 2013.
Abstract in Portuguese: Objetivo: investigar a infl uência da cultura "machista" no comportamento dos adolescentes a partir das crenças, costumes e mitos da mãe. Métodos: Estudo qualitativo, etnográfi co utilizando o modelo observação-participação-refl exão (oPR), realizado de dezembro/2009 a março/2010 por meio de visitas domiciliárias com cinco mães. A coleta de informações contou com a observação participante, entrevista semiestruturada e diário de campo. o estudo obedeceu a Resolução n° 196/96. Resultados: os temas culturais que emergiram do estudo e que podem infl uenciar a vulnerabilidade do adolescente às doenças sexualmente transmissíveis (dSTs) foram: "Ele só quer sair só"; "o fi lho homem quer ser igual ao pai"; "Ele quer mandar em mim"; "A criação do rapaz é diferente da moça" e "desde a época dos meus pais é assim". Conclusão: Enfatiza-se a necessidade de conhecer a cultura machista das famílias para facilitar o planejamento das políticas públicas e programas preventivos. Neste contexto destacam-se os profi ssionais da Estratégia de Saúde da Família por atuarem com famílias, conhecendo seu convívio e espaço de interação social. Tem-se, assim, maior possibilidade de identifi car mitos, crenças e costumes e usá-los no planejamento das intervenções de acordo com a realidade, despertando a conscientização sobre mudança de comportamento para melhoria da qualidade de vida.
Abstract: Objective: investigate the infl uence of male culture in the behavior of adolescents from the beliefs, customs and myths of the mother perspective. Methods: Qualitative study, using ethnographic observation-Participation-Refl etion Model (OPR), conducted from December 2009 to March/2010 and home visits with fi ve mothers. The collection of information was obtained by means of participant observation, semistructured interviews and a fi eld diary. The study was guided by the principles of Resolution n. 196/96. Results: The cultural themes that emerged from the study and could infl uence the adolescent vulnerability to sexually transmitted diseases were: "He just wants to go out alone"; "The son wants to be like his father"; "He wants to master me"; "The education of a boy is different from that of a girl” and “since my parents’ days it has been like that". Conclusion: the necessity to know the male culture of the families has ben emphasized to facilitate the planning of public policies and prevention programs. in this context stands out professionals of the Family Health Program for working with families, knowing their living space and social interaction, and, more possibility of indentifying myths, beliefs and customs, and use them in planning interventions in accordance with reality, raising awareness of behavior change for improving quality of life.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8527
ISSN: 2177-5281 (Online)
Appears in Collections:DENF - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_art_lfscopacasa.pdf603,79 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.