Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8621
Título: Biometria, morfologia, armazenamento de sementes e crescimento inicial de Acnistus arborescens L.
Título em inglês: Biometrics, morphology, seeds and storage of initial growth Acnistus arborescens (L.) Schltdl.
Autor(es): Brito, Selma Freire de
Orientador(es): Bezerra, Antônio Marcos Esmeraldo
Palavras-chave: Fitotecnia
Marianeira
sementes
germinação
temperatura
embalagem
sombreamento
Plantas medicinais - Cultivo
Data do documento: 2012
Citação: BRITO, S. F.; BEZERRA, A. M. E. (2012)
Resumo: Marianeira é uma espécie medicinal cujo princípio ativo possui atividade antitumoral. Objetivou-se nesta pesquisa realizar a caracterização biométrica e morfológica de frutos, sementes e plântulas, germinação, armazenamento e crescimento inicial em diferentes níveis de sombreamento. A biometria foi avaliada em uma amostra de 50 frutos e 100 sementes. A morfologia da germinação foi feita inicialmente em câmara de germinação e o desenvolvimento pós-seminal em casa de vegetação. No estudo da germinação avaliou-se a combinação de temperatura (20, 25, 30 e 20-30ºC) e aplicação de KNO3 no substrato (sem e com 0,2% de KNO3), no delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições, sobre a porcentagem, velocidade e tempo médio de germinação. Os fatores envolvidos no experimento de armazenamento foram ambiente (natural, geladeira e câmara fria), embalagem (vidro; saco plástico e papel aluminizado) e período de estocagem (3; 6 e 9 meses) dispostos num esquema de parcelas subsubdivididas num delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições. No crescimento inicial testaram-se quatro condições de sombreamento (0, 50, 70 e 90% de sombreamento) e cinco idades da planta (30, 51, 72, 93 e 114 dias após a repicagem), dispostos em parcelas subdivididas no delineamento de blocos ao acaso com quatro repetições, sobre a altura, diâmetro, comprimento da raiz, número de folhas, peso da matéria seca das folhas, caule, raiz e total e índice relativo de clorofila, área foliar, razão de área foliar, área foliar específica e peso específico da folha. O fruto é indeiscente, carnoso, globoso e polispérmico, pesa 0,53 g e contem 46 sementes. As sementes são de formato elipsoidal sendo o embrião curvo e o endosperma esbranquiçado. As sementes apresenta as seguintes medidas: 1,59 mm de comprimento, 1,33 mm de largura e 0,36 mm de espessura. A germinação é do tipo fanerocotiledonar, epígea, com cotilédones foliáceos. As temperaturas recomendadas para avaliação da germinação foram 20 e 20- 30ºC na presença de KNO3 a 0,2%, com 75 e 71% de germinação, respectivamente. Câmara fria e geladeira foram os ambientes mais adequados à conservação das sementes por nove meses, quando acondicionadas em vidro e saco plástico. Em ambiente natural o recipiente de vidro é ideal para o armazenamento, durante 3 meses. O sombreamento favoreceu o crescimento inicial de marianeira.
Abstract: Marianeira is a medicinal specie whose active principle has anti-tumor activity. This research has as objective realize the biometric and morphologic characterization of fruits, seeds and seedlings, germination, storage and initial growth in different shading levels. The biometry was evaluated in a sample of 50 fruits and 100 seeds. Firstly, the germination morphology was done in BOD and the development post-seminal was evaluated in greenhouse. In the study about the germination, it was evaluated the combination of temperature (20, 25, 30 and 20-30 °C) and the addition of KNO3 in the substrate (without and with 0,2% of KNO3), in a completely randomized design with four replicates, and was analyzed the percentage, speed index and mean time of germination. The factors involved in the storage experiment were environment (environment, refrigerator and cold chamber), package (glass, plastic bag and aluminized paper) and period of storage (3, 6 and 9 months) disposed in split-plot according to a completely randomized design. The initial growth was evaluated under the combination of four shading conditions (0, 50, 70 and 90% of shading) and five plants age (30, 51, 72, 93 and 114 days after the transplant), disposed in a split-plot scheme according to a randomized block design with four replicates, and were analyzed the height, diameter, root length, leaf number, dry weight of leaves, stem, root and total, besides of the chlorophyll relative index, leaf area, leaf area ratio, specific leaf area and specific leaf weight. The fruit is indehiscent, fleshy, globular and polyspermic, it weighs 0,53 g and has 46 seeds. The seeds have ellipsoidal shape and the embryo is curve and the endosperm is white. The seeds present the following measures: 1.59 mm of length, 1.33 mm of width and 0.36 mm of thickness. The germination is phanero-epigeal with leaf cotyledons. The temperatures recommended to evaluate the germination were 20 °C and 20-30 °C with KNO3 (0,2%), presenting 75 and 71% of germination. Cold room and refrigerator were the most suitable environments for the preservation of seeds for nine months when stored in glass and plastic. Under natural conditions the glass container is ideal for storage for 3 months. The shade favored early growth marianeira.
Descrição: BRITO, S. F. Biometria, morfologia, armazenamento de sementes e crescimento inicial de Acnistus arborescens L. 2012. 105 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitotecnia) - Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8621
Aparece nas coleções:PPGFIT - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_dis_sfbrito.pdf995,12 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.