Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8632
Title in Portuguese: Respostas fisiológicas e bioquímicas de dois clones de cajueiro anão precoce submetidos aos cultivos irrigado e não irrigado.
Title: Physiological and metabolic effects of irrigation and drought regimen in two clones early dwarf cashew tress.
Author: Lima, Michella de Albuquerque
Advisor(s): Eneas Filho, Joaquim
Co-advisor(s): Bezerra, Marlos Alves
Keywords: Fitotecnia
Anacardium occidentale
Cajueiro anão precoce
Folhas de sol
Folhas de sombra
Metabolismo dos carboidratos
Issue Date: 2008
Citation: LIMA, M. A.; ENEAS FILHO, J. (2008)
Abstract in Portuguese: Os efeitos dos regimes irrigado e de sequeiro foram avaliados em folhas sombreadas e a pleno sol nos clones de cajueiro anão precoce (Anacardium occidentale L) CCP 76 e BRS 189. Os experimentos foram conduzidos na Estação Experimental da Embrapa Agroindústria Tropical, em Paraipaba, Ceará, entre setembro de 2006 e agosto de 2007. Mensalmente, foram investigados a condutância estomática, a taxa transpiratória, a taxa fotossintética, a relação entre a concentração interna e externa de CO2, o potencial osmótico. O teor de água, de proteínas solúveis, de prolina, de N-aminossolúveis, de carboidratos (açúcares totais, redutores e não redutores e de amido), a atividade das enzimas do metabolismo do carbono, sintase da sacarose fostato (SPS), sintase da sacarose (SuSy), pirofosforilase do ADP glicose (AGPase) e das amilases (alfa, beta e total) foram determinados nas folhas das plantas bi-mensalmente.Além disso, foram analisadas a qualidade pós-colheita dos pedúnculos dos clones em ambos os tratamentos. Em geral, não foram encontradas diferenças significativas entre os dois tipos de cultivos para os dois clones e tipos de folha em relação aos parâmetros fisiológicos, tais como, fotossíntese, transpiração e condutância estomática. Essas variáveis foram afetadas apenas em função da época do ano. Carboidratos, tais como amido e açúcares redutores, tiveram uma tendência de acúmulo nas folhas de sol e de sombra no mês de maio, exibindo teores menores no mês de setembro, época em que os teores de açúcares não-redutores (sacarose) aumentaram para suprir a formação de frutos. Sob o regime não irrigado, as enzimas SPS, SuSy e AGPase tiveram suas atividades justificadas parcialmente quando relacionadas com as variações nos teores de açúcares totais e amido. A atividade amilásica total variou para os regimes de irrigação, clone e folhas em relação ao período do ano. A supressão da irrigação para os clones CCP 76 e BRS 189 durante o experimento não foi capaz de modificar a qualidade pós-colheita dos pedúnculos de caju. As variações ao longo do experimento comprovam o efeito da força dos drenos nas diversas fases fenológicas e para os órgãos reprodutivos das plantas de cajueiro. As plantas de cajueiro anão precoce possuem, portanto, uma plasticidade, quando cultivadas em condições de sequeiro, conseguindo manter suas atividades metabólica e fisiológica vitais sem maiores danos à planta como um todo.
Description: LIMA, M. A. Respostas fisiológicas e bioquímicas de dois clones de cajueiro anão precoce submetidos aos cultivos irrigado e não irrigado. 2008. 102 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitotecnia) - Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8632
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGFIT - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_dis_malima.pdf1,05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.