Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8709
Title in Portuguese: Afetividade na residência integrada em saúde: o psicólogo no território de form"ação"
Title: Affection in the Integrated Health Residency: The Psychologist in the territory of formation
Author: Feitosa, Maria Zelfa de Souza
Advisor(s): Bomfim, Zulmira Áurea Cruz
Keywords: Affection
Psychology
Psicólogos – Orientação profissional – Fortaleza(CE)
Política de saúde mental – Fortaleza(CE)
Formação profissional – Aspectos psicológicos
Issue Date: 2014
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: Feitosa, M. Z. S.; Bomfim, Z. A. C. (2014)
Abstract in Portuguese: A afetividade pode ser compreendida como a passagem de um estado de potência a outro, que conduz corpo e mente, entendidos como uma totalidade, à ação ou à passividade. Admite-se que o trabalho do psicólogo, no âmbito das políticas públicas de saúde, entre outras questões, está perpassado por afetos emergentes do encontro com o território, e que a formação profissional contribui para a maneira como esta atuação se efetiva. Assim sendo, nosso estudo objetivou analisar o impacto da afetividade (emoções e sentimentos) na atuação de psicólogos-residentes em políticas públicas de saúde, de nível primário e secundário, a partir de seu contato com o território dos serviços. Para tanto, elegemos como lócus da pesquisa a Residência Integrada em Saúde (RIS), vinculada à Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP/CE), nas ênfases de Saúde da Família e Comunidade e Saúde Mental Coletiva, entrevistando 18 psicólogos-residentes aí inseridos. Neste intento, foram adotadas como principais bases teóricas a Psicologia Social de base Histórico-Cultural, desenvolvida por Silvia Lane e colaboradores, e a Psicologia Ambiental. Caracterizando-se como uma pesquisa qualitativa, a coleta de dados foi realizada por meio da aplicação da parte qualitativa do Instrumento Gerador dos Mapas Afetivos, cuja análise se efetivou por meio da Análise de Conteúdo Categorial e da Análise do subtexto, do sentido e do motivo; e Entrevista Semiestruturada, analisada por meio da Análise de Conteúdo Temática, com o auxílio do software Atlas.ti. Os resultados obtidos na pesquisa revelaram uma Estima de lugar negativa em relação ao serviço de saúde onde os psicólogos-residentes atuam, denotando, entretanto, uma tendência à implicação positiva com o território, mais especificamente a comunidade e os usuários, e com o ideal do que o serviço deveria ser, havendo o predomínio da imagem de contrastes nos mapas, a qual denota polarizações de afetos em relação ao espaço, como por exemplo, alegria/angústia e satisfação/medo. As entrevistas também refletiram a predominância de imagens de contrastes em relação à formação acadêmica e contrastes e agradabilidade relacionadas à RIS, apontando para uma maior satisfação com a formação em serviço. As principais práticas desenvolvidas referiram-se a atividades de grupo, atendimentos individuais e visitas domiciliares. Esperamos que a pesquisa desenvolvida contribua para a discussão da prática do psicólogo nos serviços públicos de saúde e da proposta da Residência Multiprofissional, como formação em serviço.
Abstract: Affection can be understood as the passage from one state to another power, which leads the body and mind, understood as a totality, the action or inaction. It is believed that the work of the psychologist in the area of public health policies, among other issues, is permeated by emerging affections of the encounter with the territory, and that the training contributes to how this action is effective. Therefore, our study aimed to analyze the impact of affectivity (emotions and feelings) in practicing psychologists-residents in public health policy, primary and secondary levels, from its contact with the area of services. For that, we choose as research locus Integrated Health Residency (RIS), linked to Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP /CE) (School of Public Health of Ceará), in emphasis of the Family and Community Health and Mental Health Collective, interviewing 18 psychologists-residents inserted therein. In this attempt, were adopted as the main theoretical basis of social psychology Historic Cultural bases developed by Silvia Lane and colleagues, and Environmental Psychology. Characterized as a qualitative research, the data collection was performed by applying the qualitative part of the Instrument Generator Maps Affective, whose analysis was accomplished by analysis of Categorical Content and Analysis of subtext, of sense and reason; and semi-structured interviews, analyzed through qualitative analysis with the help of Atlas.ti software. The results obtained in the study showed an Esteem negative role in relation to the health service where psychologists work-residents, but shows a tendency to positive engagement with the territory - specifically the community and users - and the ideal of the service should be, giving a predominance of mixed picture on the maps, which denotes polarization of affect in relation to space, such as happiness / satisfaction and anxiety / fear. The interviews also reflected the predominance of images of contrasts in relation to academic background and contrasts and pleasantness related to RIS, pointing to a greater satisfaction with job training. The main activities carried out were related to the group, individual consultations and home visits activities. We hope that the research developed will contribute to the discussion of the practice of the psychologist in public health services and of the proposal of the Multidisciplinary Residency as in-service training.
Description: FEITOSA, Maria Zelfa de Souza. Afetividade na residência integrada em saúde: o psicólogo no território de form"ação". 2014. 206f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Psicologia, Fortaleza (CE), 2014.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8709
Appears in Collections:PPGP - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_dis_mzsfeitosa.pdf4,72 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.