Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8974
Title in Portuguese: Competitividade das exportações de plantas vivas e produtos de floricultura do Ceará e do Brasil no período de 1998 a 2004
Author: Silva, Etevaldo Almeida
Advisor(s): Lima, Patrícia Verônica Pinheiro Sales
Co-advisor(s): Mayorga Mera, Ruben Dario
Keywords: Exportação
Competitividade
Indicadores de desempenho
Floricultura
Brasil
Issue Date: 2006
Citation: SILVA, Etevaldo Almeida. Competitividade das exportações de plantas vivas e produtos de floricultura do Ceará e do Brasil no período de 1998 a 2004. 2006. 78 f.: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Mestrado Acadêmico em Economia Rural (MAER). Centro de Ciências Agrárias. Fortaleza - CE. 2006.
Abstract in Portuguese: O Brasil e particularmente o Estado do Ceará vem aumentando consideravelmente suas exportações de plantas vivas e produtos de floricultura e consequentemente vem participando efetivamente na criação de divisas para o país. Entretanto pouco se sabe sobre a competitividade das exportações brasileiras e cearenses com respeito a outros exportadores nacionais. Assim, procurou-se identificar, qual o desempenho competitivo do Brasil e do Ceará no mercado internacional desse segmento. Para atingir esta proposta foram traçados os seguintes objetivos: Verificar a competitividade das exportações de plantas vivas e produtos de floricultura do Ceará e do Brasil durante o período de 1998 a 2004; Identificar a existência de políticas de incentivo à produção e comercialização de plantas vivas e produtos de floricultura; Identificar o nível de competitividade da exportação de plantas vivas e produtos de floricultura do Ceará e do Brasil em relação aos principais exportadores internacionais. A análise foi pautada no conceito de competitividade compreendida como: Capacidade de uma empresa/país permanecer no mercado através de uma posição competitiva criada para um produto ou grupos de produtos, sendo essa, fruto de estratégias capazes de manter ou elevar eficientemente a posição competitiva no comércio internacional. A metodologia utilizada baseou-se na análise tabular descritiva e no cálculo de indicadores de desempenho das exportações: Vantagem Comparativa Revelada (VCR); Taxa de Cobertura (TC); Intensidade de Comércio< Desempenho das Exportações; Posição Relativa das Exportações e Constante Market Share (CMS). Os resultados demonstram que o Estado do Ceará ao longo do período anal,isado só foi realmente competitivo no comércio internacional de plantas vivias e produtos de floricultura no ano de 2004, onde apresentou tanto VCR como TC superiores a unidade, indicando que nesse ano o Estado apresentou eficiência comercial. Pelo modelo CMS, constatou-se que de acordo com as fontes de crescimento das exportações o efeito competitividade foi o maior responsável pelo aumento médio das exportações de plantas vivas e produtos de floricultura do Ceará no período de 1998 a 2004. O Brasil, em todo o período, apresentou VCR e TC superior a unidade, indicando que o país tem dinamismo comercial no segmento em análise quando comparado aos outros países exportadores. Pelo modelo CMS, constatou-se também que, de acordo com as fontes de crescimento das exportações, o efeito competitividade foi o maior responsável pelo aumento médio das exportações de plantas vivas e produtos de floricultura do País no período analisado. Os índices revelaram que o Brasil foi competitivo no comércio mundial no período deste estudo. Ceará não foi competitivo nos anos de 1998 a 2003, entretanto em 2004, o Estado demonstrou está se tornando um potencial parceiro comercial deste setor.
Abstract: Brazil and particularly the state of Ceará have considerably increased the exports of live plants and flower-raising products and participated effectively em the opening of new boundaries to the country. Nevertheless, little is known about competitiveness in Brazilian and Ceará Exports, regarding other national exports. Thus, we have tried to identify what competitive performance Brazil and Ceará have in the international market of this segment. In order to accomplish this, the following objectives were drawn: To ascertain the exports competitiveness of live plants and flower-raising products from Ceará and Brazil from 1998 to 2004; to identify the existence of inducement policies for producing and commercializing live plants and flower-raising products; to identify the level of competitiveness of the exports of live plants and flower-raising products from Ceará and Brazil towards the main international exporters. The analysis was based inthe concept of competitiveness as: The capacity of a country/corporation to remain inthe market through a competitive position, created to a product or a group of products, which is the result of strategies which are able to maintain or elevate the competitive position in the international market. The methodology used was based in the descriptive tabular analysis and in the calculation of export development indicators: Revealed Comparative Advantage (RCA); Covering Tax (CT); Commerce Intensity; Exports Performance; Relative Position of Exports and Constant Market Share (CMS). The results show that the state of Ceará, during the time explored, was only competitive in the international commerce of live plants and flower-raising products in the year 2004, when it presented both RCA and CT, indicating that in this year the state presented commercial efficiency. Through the CMS model, we realized that according to the sources of export increase, the competitive effects was responsible for the average increase in the exports of live and flower-raising products in Ceará from 1998 to 2004. Brazil, through the whole period, presented superios RCA and CT, indicating that the country is commmercially dynamic in the analyzed segment when compared to other countries exports. Through the CMS model we found that according to the sources of exports increase, the competitive effect was the major responsible for the average increase in the exports of live plants and flower-raising products during the analyzed period. The indexes revealed that Brazil was competitive in the world commerce during this study. Ceará wasn't competitive from 1998 to 2003, although in 2004, the state showed a great commercial power in this area.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/8974
Appears in Collections:DEA - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2006_dis_easilva.pdf313,27 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.