Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/9123
Title in Portuguese: Estudos da ação da terapia fotodinâmica antimicrobiana em biofilmes de Streptococcus mutans : efeito na célula e na matriz de polissacarídeos
Author: Lima, Ramille Araújo
Advisor(s): Zanin , Iriana Carla Junqueira
Keywords: Cárie Dentária
Placa Dentária
Fotoquimioterapia
Issue Date: 2014
Citation: LIMA, R. A. Estudos da ação da terapia fotodinâmica antimicrobiana em biofilmes de Streptococcus mutans : efeito na célula e na matriz de polissacarídeos. 2014. 65 f. Tese (Doutorado em Odontologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2014.
Abstract in Portuguese: A terapia fotodinâmica antimicrobiana (TFDA) surge como um tratamento alternativo ao uso de antimicrobianos tradicionais diante da emergência de cepas resistentes a estes agentes. Este estudo está dividido em três capítulos, cujos objetivos foram: Capítulo 1) Comparar o efeito antimicrobiano da TFDA realizada com o fotossensibilizador azul de orto-toluidina (TBO) e duas diferentes fontes de luz vermelha {Laserbeam® (LB) ou LumaCare® (LC)} em biofilmes maduros de Streptococcus mutans; Capítulo 2) Quantificar as espécies reativas de oxigênio (ERO) encontradas a nível intracelular em biofilmes de S. mutans como resultado da TFDA realizada com TBO e a fonte de luz vermelha LC; e Capítulo 3) Avaliar os efeitos da TFDA realizada com TBO e a fonte de luz vermelha LC na viabilidade microbiana, na matriz de polissacarídeos extracelulares (PEC) e na topografia de biofilmes de S. mutans maduros e em formação. Biofilmes foram crescidos em discos de hidroxiapatita imersos em caldo de peptona caseína soja e extrato de levedura com 1% de sacarose por cinco dias. No capítulo 1, biofilmes maduros foram submetidos à TFDA utilizando o fotossensibilizador TBO (100 g/mL) e duas fontes de luz diferentes: LB (56,6 J/cm2) e LC (56,6 J/cm2; 158,5 J/cm2; 317,0 J/cm2; 475,6 J/cm2). No capítulo 2, os biofilmes foram expostos a terapia usando o LC nas densidades de energia 211.37 J/cm2 e 422.74 J/cm, e a produção de ERO como consequência da terapia foi determinada utilizando o marcador dihidrorodamina 123. No capítulo 3, as mesmas densidades de energia do capítulo 2 (211.37 J/cm2 e 422.74 J/cm2) foram testadas em biofilmes maduros e em formação. Verificamos que não existe diferença na redução da viabilidade bacteriana quando LB e LC são utilizados na mesma dose de energia, porém LC é superior nas exposições 317,0 J/cm2 e 475,6 J/cm2 (capítulo 1). A TFDA gerou 3x mais ERO que o grupo controle negativo. A TFDA nas densidades de energia 211.37 J/cm2 e 422.74 J/cm2 obteve reduções da viabilidade bacteriana de 2 a 5 logs, respectivamente, em biofilmes maduros, e de 6 a 6,5 logs em biofilmes em formação. A TFDA aplicada sobre biofilmes em formação, além de promover redução da viabilidade bacteriana, também reduziu a formação de PEC e o número de conglomerados bacterianos, além de promover a perda de estruturas de conexão dos PEC. (capítulo 3). Conclui-se que TFDA, nos parâmetros utilizados, apresenta-se como uma promissora abordagem terapêutica na inibição da formação de biofilmes de S. mutans e na inativação de biofilmes já estabelecidos.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/9123
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:DCOD - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_tese_ralima.pdf1,92 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.