Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/9772
Título: Cultura popular: conservadora?
Autor(es): ARANTES NETO, Antônio Augusto
Palavras-chave: Cultura popular
Política cultural
Acervo e patrimônio
Data do documento: 1977
Editor: www.rcs.ufc.br/edicoes
Citação: ARANTES NETO, A. A. (1977)
Resumo: A minuta apresentada pela coordenação da mesa aponta para a dimensão política da "questão da cultura popular" ao referir-se ao que ela chama de "ambigüidade" das manifestações culturais populares. Diz ela: "se, por um lado, elas têm um nítido valor de resistência à apropriação e ao controle (enquanto são a reinvenção da capacidade de simbolizar, de viver, de uma classe), por outro, assinalou Cavalcanti Proença que " ... há na literatura (cultura?) popular muito conservadorismo e uma tendência ao equilíbrio social ( ... )" (p. 6). Esta é, ao meu ver, uma falsa questão que decorre em grande parte do fato de se analisar as manifestações culturais como "coisas", ou, na melhor das hipóteses, como "bens acabados", de pior ou melhor qualidade, conforme seja o caso e, sobretudo, o critério de quem julga, mais ou menos conservadoras, e que, uma vez produzidas, são reincorporadas à vida social que as gerou...
Descrição: ARANTES NETO, Antônio Augusto. Cultura popular: conservadora? Revista de Ciências Sociais, Fortaleza, v.8, n.1/2, 1977, p.163-169.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/9772
ISSN: 0041-8862 (impresso)
2318-4620 (online)
Aparece nas coleções:DCSO - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
1977_art_aaaneto.pdf702,54 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.