Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/980
Title in Portuguese: Mundo das mulheres no mercado de trabalho em Fortaleza/CE
Title: World of the Women in the Market of Work in Fortaleza/CE
Author: Oliveira, Aline Parente
Advisor(s): Tonini, Ivaine Maria
Co-advisor(s): Dantas, Eustógio Wanderley Correia
Keywords: Geociências
Gênero
Práticas culturais
Mercado de trabalho
Issue Date: 2007
Citation: OLIVEIRA, A. P. Mundo das mulheres no mercado de trabalho em Fortaleza/CE. 2007, 110 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Centro de Ciências, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2007.
Abstract in Portuguese: Este estudo refere-se a uma investigação sobre as relações entre mercado de trabalho e gênero na cidade de Fortaleza/CE, focalizando, especificamente, os setores ocupacionais com a finalidade de compreender as maneiras que as mulheres estão posicionadas, com ênfase nos períodos de 2001 e 2005. Sua pertinência está pautada na contribuição de mostrar que os lugares de posicionamento e circulação, endereçados às mulheres, ainda estão muito relacionados à perspectiva da divisão sexual. Tem como campo teórico a Geografia Cultural, mais especificamente, em uma vertente que tem discutido problematizado e se valido da fecundidade de uma articulação teórica com as perspectivas pós-estruturalistas, por auxiliar a compreender que essas relações são construídas nas práticas culturais, para posicionar mulheres e homens em diferentes setores ocupacionais. Pretende-se compreender as relações de gênero a partir de práticas culturais. Nesse sentido, as relações de gênero são entendidas como aquelas que põem em jogo representações e símbolos de masculino e feminino, cujas forças endereçam para práticas sociais com a finalidade de se manterem vivas no conjunto de valores da sociedade. Logo, a utilidade do gênero como foco de análise está em desconstruir, deslocar significados que foram culturalmente construídos e mostrar que, quando marcados em torno da diferença sexual, podem e devem ser tencionados, questionados, problematizados. Para entender estas questões, foram buscados os dados para a pesquisa nos Censos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nos Anuários Estatísticos do Sistema Nacional de Empregos e o Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (SINE/IDT-CE) e da Relação Anual das Informações Sociais (RAIS), no período de 2001 e 2005, por apresentarem maiores acessibilidades e atualizações. A partir de sua coleta, foram observados os comportamentos de algumas variáveis que permitiam compreender a problemática estudada: setor ocupacional, faixa etária, grau de instrução, remuneração e jornada de trabalho da população ocupada de Fortaleza. Pelo cruzamento das variáveis, efetuei a construção dos eixos temáticos da pesquisa: ocupação e distribuição da mão-de-obra local, o qual apresentou discussões sobre a problemática estudada. Isso permitiu estabelecer reflexões e compreender a configuração da mulher no mercado de trabalho como práticas culturais.
Abstract: This study refers to an investigation about the relations between labour market and gender in Fortaleza (CE), focusing on occupational areas aiming at understanding how women are positioned, especially in 2001 and 2005. It is pertinent due to helping to show that positioning and circulating places addressed to women are still very much related to gender division. Its theoretical field is Cultural Geography, particularly a branch that has discussed, problematised and made use of a theoretical articulation’s fruitfulness in the poststructuralist perspectives, as it helps to understand that these relations are constructed in the cultural practices to position women and men in different occupational fields. We have sought to understand gender relations from the cultural practices. In this sense, gender relations are understood as those which bring into play (fe)male representations and symbols whose powers are directed to social practices to stay alive in the society’s value set. Therefore, gender use as the analysis focus lies at deconstructing, displacing meanings that were culturally constructed, and showing that when they are marked around gender difference, they can and should be issued, questioned and problematised. To understand these issues we have sought for the research data at the Censos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Anuários Estatísticos do Sistema Nacional de Empregos, and Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (SINE/IDT-CE) and da Relação Anual das Informações Sociais (RAIS) in 2001 and 2005, as they provided accessibility and updating. From the collection, some variables that allow us to understand the studied problematic, were observed: occupational field, age, instruction degree, salary, and working hours of the workers in Fortaleza. With the crossing of variables, we have constructed the theme thread for the research: local labour occupation and distribution, which provided discussions of the studied problematic. This has allowed us to reflect about and understand the configuration of the women in the labour market as cultural practices.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/980
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DGR - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2007_dis_apoliveira.pdf952,63 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.