Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/10270
Title in Portuguese: A problematização como estratégia didática em aulas sobre uso indevido de drogas e farmacodependência
Author: Mariz, Saulo Rios
Freitas, Raquel Santana de
Lustosa, Mariana Muniz
Paula, Isadora Souza
Peron, Ana Paula
Calou, Iana Batim Felício
Cerqueira, Gilberto Santos
Keywords: Farmacologia
Toxicologia
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias
Issue Date: Jun-2014
Publisher: RevInter Revista Intertox de Toxicologia, Risco Ambiental e Sociedade
Citation: MARIZ, S. R. et al. A problematização como estratégia didática em aulas sobre uso indevido de drogas e farmacodependência. RevInter: Revista Intertox de Toxicologia, Risco Ambiental e Sociedade, v. 7, n. 2, p. 114-124, jun. 2014.
Abstract in Portuguese: A formação superior na área de saúde tem passado por importantes modificações nos últimos anos. No Brasil, graduações como medicina e enfermagem sofreram profundas modificações em seus projetos pedagógicos de curso (PPC) objetivando, de um modo geral, o desenvolvimento de habilidades como uma maior capacidade de raciocinar criticamente. A Farmacologia e a Toxicologia possuem destacada importância na formação profissional, pois os medicamentos são o principal recurso terapêutico utilizado na atualidade e a exposição humana a toxicantes é uma questão de saúde pública. Neste trabalho relatamos uma experiência de “ensino baseado em problemas” (PBL). Nosso ambiente experimental foram aulas sobre prevenção ao uso indevido de drogas e à farmacodependência, e nosso corpus consistiu de situações retiradas do cotidiano. Este trabalho pretende colaborar com um ensino em saúde mais crítico-reflexivo, que resulte na formação de profissionais progressivamente mais preparados para atuar, com qualidade, nos mais diversos serviços de saúde demandados pela sociedade moderna.
Abstract: The teaching in health sciences has undergone important changes in recent years. In Brazil, courses such as medicine and nursing have suffered deep modifications in their educational projects of course (PPC) aiming at, generally speaking, the development of skills for greater ability to reason critically. The Pharmacology and Toxicology have highlighted importance in vocational training, because the medicines are the main therapeutic resource used in actuality and human exposure to toxicantes is a public health issue. In this work, we report an experiment of Problem-Based Learning (PBL). Our experimental environment were classes about preventing drug abuse and chemical dependency and our corpus consisted of situations taken from daily life. This work intends to collaborate with a health education more critical-reflective, resulting in the formation of professionals increasingly prepared to act, with quality, in the most diverse health services demanded by modern society.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/10270
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 1984-3577
Appears in Collections:DFIFA - Artigos publicados em revista científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_art_gscerqueira.pdf217,3 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.