Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1050
Título: A ironia pragmática em "A hora da estrela"
Autor(es): VEIGA, Márcia Pereira da
Palavras-chave: Lispector, Clarice, 1925-1977 - A hora da estrela - Crítica e interpretação
Pragmática Literária
Escritores e leitores
Análise do discurso narrativo
Lingüística pragmática
Data do documento: 2008
Editor: Revista de Letras
Citação: VEIGA, M. P. (2008)
Resumo: O artigo aplica os conceitos da Pragmática Literária ao texto A hora da estrela de Clarice Lispector com o objetivo de analisar as estratégias discursivas empregadas pela autora na constituição do leitor implícito e irônico de seus textos. A análise partiu de referenciais teóricos relativos à Pragmática Literária, cuja terminologia foi sistematizada por Dominique Maingueneau e ampliada por Graciela Reyes na abordagem de textos literários; embora conte também com apropriações relativas à Pragmática Lingüística, como a Teoria das Máximas de Grice. Outro aspecto relevante abordado pelo artigo é a questão da análise dos embreantes e a interpretação literária do uso desses elementos. O estudo procura determinar a polifonia de Mikhail Bakhtin – com o objetivo de desdobrar a interpretação do corpus, contextualizando-o – como principal estratégia para a configuração do leitor clariceano. A ironia pragmática, especialmente, foi o aspecto mais analisado neste trabalho tendo em vista que constitui a principal estratégia na obra escolhida.
Abstract: This article applies Literary Pragmatic’s concepts to the text “A hora da estrela” with a view to analyse the speech strategies employed by Clarice Lispector to compose the implicit and ironic reader of her texts. The analyses started from the theoretical references relative to Literary Pragmatic, which terminology was established by Dominique Maingueneau, and was amplified by Graciela Reyes in literary texts approaches. Besides, the work also deals with appropriations related to the Linguistic Pragmatic, as Grice’s Maximums Theory, for instance. Another relevant aspect discussed here is the question about “embreantes” and the literary interpretation originated from the use of these elements. Finally, the study aims at determining Mikhail Bakhtin’s polyphony – in order to unfold of the interpretation of the corpus – as the main strategy to the configuration of the Clarice Lispector’s reader. The pragmatic irony, especially, was the most examined aspect, due to the fact that it constitutes the main strategy in the chosen literary composition.
Descrição: VEIGA, Márcia Pereira da . A ironia pragmática em A hora da estrela. Revista de Letras, Fortaleza, v. 1/2, n. 29, p. 33-41, 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1050
ISSN: 01018051
Aparece nas coleções:DLV - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_art_MPVeiga.pdf453,4 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.