Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/14203
Title in Portuguese: O estranhamento como fenômeno histórico-social em Lukács
Author: Lopes, Fátima Maria Nobre
Keywords: Estranhamento
Fenômeno histórico social
Forças sociais
Issue Date: 1995
Publisher: Revista Educação em Debate
Citation: LOPES, Fátima Maria Nobre. O estranhamento como fenômeno histórico-social em Lukács. Revista Educação em Debate, Fortaleza, Ano 17 e 18, n. 29, 30, 31 e 32, p. 15-20, 1995
Abstract in Portuguese: A problemática central que perpassa a tematização de Lukács acerca da categoria do estranhamento é que ele não é um fenômeno natural e sim social, por conseguinte pode e deve ser superado; e que a luta para se superar determinadas formas de estranhamentos, no decorrer do devir-humano, contribui, então, para o desenvolvimento do eu não-mais-particular, para o desenvolvimento do gênero humano em direção ao seu para-si, enfim, para a superação do gênero mudo. Portanto, segundo Lukács, o "estranhamento é um fenômeno exclusivamente histórico-social... que assume na história formas sempre diferentes ... Por conseguinte, a sua constituição nada tem a ver com uma "condição humana" geral, tampouco possui uma universalidade cósmica". Como o estranhamento é uma categoria histórica, segue-se então que "em cada formação e em cada período encontra-se ex novo posto em movimento pelas forças sociais realmente operantes. Estas forças, embora partam de decisões alternativas individuais, são sempre orientadas pelo social, têm "profundas raízes sociais"...
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/14203
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 0102-1117 (impresso)
Appears in Collections:PPGEB - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1995_art_fnobre.pdf5,51 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.