Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15106
Title in Portuguese: Alunos abjetos: etnografia da inclusão numa escola Municipal de Fortaleza
Title: Students objects: ethnography of inclusion in a municipal school in Fortaleza
Author: Lima, Valéria Cassandra Oliveira de
Advisor(s): Olinda, Ercília Maria Braga de
Keywords: School inclusion
Abject student
Análise de interação em educação
Representação política
Inclusão escolar
Issue Date: 2016
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: LIMA, Valéria Cassandra Oliveira de. Alunos abjetos: etnografia da inclusão numa escola Municipal de Fortaleza. 2016. 294f. – Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2016.
Abstract in Portuguese: Esta tese parte da apreensão da categoria aluno abjeto, identificada na escola pública municipal de Fortaleza, que deflagra mecanismos objetivos na eliminação escolar das condições de aprendizagem de alunos diversos. Os alunos abjetos apresentam a produção de corporalidades e modos de expressão específicas, tanto na figura do Aluno com Deficiência (ACD) como do Aluno Problemático (AP). Ele encerra formas de elaborações sociais baseadas na radicalização da alteridade. Estes tipos se materializam na exclusão do sistema escolar, e a ela reagem, seja pela insujeição pacífica à produção de sua abjeção, compondo formas de resistência, ou sob processos de estigmatização de uma deficiência. A constituição desta categoria surgiu do esforço etnográfico de compreender a inclusão escolar. Inicialmente, esse esforço compreendia a figura do ACD como sujeito de direito e principal agente da inclusão. O exercício etnográfico da escrita dos Cadernos de Campo, entretanto, fez enxergar o aluno que já há bastante tempo é eliminado do processo escolar, tanto socialmente, quanto no próprio métier da escola: na aprendizagem. Constitui-se a categoria mediante a apresentação de interlocutores de pesquisa. Neste contexto, questiona-se a possibilidade de representatividade política da categoria por meio de políticas públicas assistenciais que visam tanto a recuperá-los, como a eliminá-los. O objetivo central da tese é, portanto, compreender a produção das abjeções sociais no corpo da escola, em procedência na etnografia realizada de 2012 – 2013, e problematizar o alcance da representatividade política desta categoria. O conceito de abjeção parte das teorias feministas, Judith Butler (2002, 2003, 2007, 2009, 2012, 2013, 2015), Venna Das (1999, 2008) e Debora Polak (2008); o aparato analítico centra-se no conceito de genealogia de Foucault (1995, 2005, 2010, 2011, 2012) e a etnografia baseia-se no modelo de Favret-Saada (2005). A ideação desse aluno se faz na interação com os locus de aprendizagem, seus pares, a comunidade onde vivem e na relação aluno e corpo docente. Procura-se, portanto, denotar essas categorias, menos focando na sua constituição como problemas para a estrutura escolar, mas compreendendo-as como formas de produção das gestões de resistência, elasticidade fronteirística e de alteridades não enquadradas nos padrões de normatização. A tese elabora mecanismos de compreensão para uma responsabilização, centrada no exercício da cidadania, entendida como um procedimento dinâmico e negociável no corpo das interações sociais.
Abstract: This thesis, part of apprehension category abject student, identified in the public school of Fortaleza, which triggers mechanisms goals in the elimination of school learning conditions of several students. The abject students present the production of corporeality and specific modes of expression, both in the Disabilities Student (DS) as the Troubled Students (TS). It contains forms of social elaborations based on the radicalization of otherness, these types materialize in the exclusion from the school system, and relate to it, either by non-peaceful subjection the production of its abjection, composing forms of resistance, or under stigmatization processes disability . The constitution of this category came from ethnographic effort to understand the school inclusion. Initially this effort comprised the DS figure as a subject of law and the main inclusion agent. The ethnographic exercise of writing the Field Notebooks, however, were made to see the student who for quite some time is eliminated from the school process, both socially and in school métier: learning. It constitutes the category by presenting research partners. In this context, it questions the possibility of political representation category through welfare policies aimed at both get them, how to eliminate them. The central goal of the thesis is to understand the production of social abjections the school, based of the ethnography origin in 2012 – 2013, and discuss the scope of political representation in this category. The concept of abjection of the feminist theories, Judith Butler (2002, 2003, 2007, 2009, 2012, 2013, 2015), Venna Das (1999, 2008) and Debora Polak (2008); the analytical apparatus focuses on the concept of genealogy of Foucault (1995, 2005, 2010, 2011, 2012) and ethnography is based on the model Favret-Saada (2005). The ideation that student is done in interaction with the locus of learning, their peers, the community where they live and the relationship student and faculty. Wanted therefore denote these categories, focusing less on their constitution as problems for the school structure, but understanding them as forms of production of resistance efforts, borderness elasticity and otherness not covered in the regulation standards. The thesis develops understanding of mechanisms for accountability, focused on exercise of citizenship, understood as a dynamic and negotiable process in the body of social interactions.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15106
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_tese_vcolima.pdf3,52 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.