Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16574
Título: A imagem do índio brasileiro na crônica de viagem do quinhentismo
Autor(es): FERNANDES, Luiz Carlos
Palavras-chave: Quinhentismo
Discurso
Enunciação
Data do documento: 2001
Editor: Revista de Letras
Citação: FERNANDES, L. C. (2001)
Resumo: Procura-se demonstrar, nesta análise do Tratado Descritivo, de Gabriel Soares de Sousa, que, embora o índio brasileiro represente um dos principais objetos de referência do discurso quinhentista, o fazer enunciativo do cronista na composição de sua figura revela uma estratégia discursiva que, na verdade, visa o ofuscamento desse seu “outro”. Com base nas propostas da Análise francesa do discurso, estudam-se os usos de determinadas formas verbais e construções sintático-discursivas que contam para a compreensão e assimilação da natureza e comportamentos inéditos do homem do Novo Mundo pela formação discursiva do quinhentismo português.
Abstract: Most of the enunciative strategies in Gabriel Soares de Sousa´s Tratado Descritivo, one of the first descriptions about the native american indians, confirm the effort made by european chronists during XVIth century to mystify their culture and traditions. Those discoursive strategies appears through some linguistical procedures, like the preferences for a few verbal forms and sintatical constructions, and they confirm the heavy influence of a prevailing discursive formation that elected the indians to be the “other”.
Descrição: FERNANDES, Luiz Carlos. A imagem do índio brasileiro na crônica de viagem do quinhentismo. Revista de Letras, Fortaleza, v. 23, n. 1/2, p. 5-9, jan./dez. 2001.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16574
ISSN: 0101-8051
Aparece nas coleções:DLV - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2001_art_lcfernandes.pdf40,29 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.