Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16582
Título: As mulheres de Tijucopapo: a escrita da dor
Autor(es): VIEIRA, Solange Kate Araújo
Palavras-chave: Dor
Identidade cultural
Narrador
Data do documento: 2001
Editor: Revista de Letras
Citação: VIEIRA, S. K. A. (2001)
Resumo: Escrito na década de 80, o romance As mulheres de Tijucopapo, de Marilene Felinto, aponta para o questionamento do discurso hegemônico na literatura, colocando em cena as contradições que caracterizam a sociedade e a cultura multi-racial brasileira. O discurso da personagem- protagonista (Rísia) se move no caminho de retorno às suas origens, ao Tijucopapo, que remete historicamente a uma pequena vila onde, no século XVIII, um grupo de mulheres lutaram sozinhas contra os invasores holandeses e os expulsaram. Através de sua identidade nordestina, a protagonista conhece a dor das diferenças, vivendo na grande cidade paulista e resolve voltar ao tempo e ao espaço primeiro de sua identidade cultural para melhor compreender-se e libertar-se.
Descrição: VIEIRA, Solange Kate Araújo. As mulheres de Tijucopapo: a escrita da dor. Revista de Letras, Fortaleza, v. 23, n. 1/2, p. 42-45, jan./dez. 2001.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16582
ISSN: 0101-8051
Aparece nas coleções:DLV - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2001_art_skavieira.pdf35,81 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.