Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16658
Título: Resistência negra no círculo de cultura sociopoético: pretagogia e produção didática para implementação da Lei 10.639/03 no projovem urbano
Título em inglês: Black resistance in the circle of sociopoetic culture: pretagogia and didactic production for implementation of Law 10.639 / 03 in urban ProJovem
Autor(es): ALVES, Maria Kellynia Farias
Orientador(es): PETIT, Sandra Haydée
Palavras-chave: Adult Education
Didactic afro-referenced
Educação de jovens e adultos
Professores - formação
Inclusão escolar
Jovens negros
Data do documento: 2015
Editor: www.teses.ufc.br
Citação: ALVES, M. K. F.; PETIT, S. H. (2015)
Resumo: A presente pesquisa trata das reflexões a partir de uma experiência de formação de professores de EJA com vistas a elaborar estratégias para fortalecer a implementação da Lei 10.639/03 no âmbito do Programa Nacional de Inclusão de Jovens- Projovem Urbano, na perspectiva da pretagogia, da literatura oral afrodescendente e da produção didática. Pesquisas revelam que a maioria dos alunos na EJA, em particular os de programas como o Projovem, se auto-afirmam negros. Esta modalidade de ensino tem sido marcada pelas desigualdades sociais e o racismo em suas diferentes formas. A Lei nº 10.639/03 é uma maneira de ressaltar a importância da cultura negra na formação da sociedade brasileira, encontrando ainda desafios para sua implementação na EJA. Os sujeitos da pesquisa foram os estudantes e professores do Projovem Urbano de duas escolas da periferia de Fortaleza e um grupo de estudantes da graduação em Pedagogia-UFC. As motivações que levaram à necessidade de voltar-se para a questão étnico-racial no ProJovem Urbano envolvem desde o meio familiar até as próprias características do público atendido pelo Projovem Urbano. O referencial teórico que para guiou nossas reflexões tem como base a produção de Petit(2001, 2009), Petit;Silva (2011), Cunha (2010,2011), Gomes(2012, 2003), Munanga(2010,2000), Silva(2003), DeFrantz (2004), Oliveira (2005, 2003, 2008), dentre outros. O aporte metodológico tem a sociopoética como inspiração, visto que é uma maneira de experimentar a pesquisa em sua abordagem coletiva e com múltiplas linguagens artísticas, através dos círculos de cultura sociopoetizados e do tema gerador resistência negra. Os resultados da pesquisa revelaram que os estudantes e professores vivenciam diferentes olhares sobre a questão étnico-racial na escola, transitando entre silenciamentos, negações e afirmações sobre o pertencimento étnico-racial e a resistência negra. Os marcadores das africanidades, a literatura oral africana, a Pretagogia e a produção didática se apresentaram como potencializadores de outras formas de didáticas na EJA. Conclui-se que a pesquisa diminui a distância entre corpos-territórios através dos círculos de cultura e pela Pretagogia, sendo importante para a reinvenção didática nas práticas dos professores na EJA que promovam a mudança de postura diante das relações étnico-raciais, gerando outras implicações com a temática e assim repensar práticas, currículos e aprendizagens para rediscutir as africanidades e possibilitar a transposição e produção didática afroreferenciada.
Abstract: This research deals with the reflections from an adult education teacher training experience in order to develop strategies to strengthen the implementation of Law 10.639 / 03 under the National Programme of young Inclusion - Projovem Urban in view of ‘pretagogia’, the Afro-descendant and didactic production oral literature. Research shows that most students in adult education, particularly programs like Projovem, self-claim blacks. This type of education has been marked by social inequalities arising and racism in its different forms. Law 10.639 / 03 which deals with the mandatory teaching of history and african-Brazilian and African culture is a way to highlight the importance of black culture in the formation of Brazilian society, still finding challenges to its implementation in adult education. The study subjects are the students and teachers of Urban Projovem two schools on the outskirts of Fortaleza and a group of graduate students in Pedagogy UFC. The motivations that led to the need to turn to the ethnic-racial issue in ProJovem Urban involve from the family environment to the very public characteristics attended by Projovem Urban. The theoretical reference is based on the production of Petit (2001, 2009), Petit, Silva (2011), Cunha (2010.2011), Gomes (2012, 2003), Munanga (2010.2000), Silva (2003), DeFrantz (2004), Oliveira (2005, 2003, 2008), among others, to guide our reflections. The methodological approach has social poetics as inspiration, as it is a way to experience the research in its collective approach and the various artistic languages through ‘sociopoetizados’ culture circles and theme generator black resistance. The survey results revealed that students and teachers experience different perspectives on ethnic-racial issue at school, moving between silencing, denials and statements about the ethnic and racial origin and the black resistance which led us to develop the concept of african belonging. Markers of Africanities, the African oral literature, Pretagogia and didactic production is presented as potentiating other forms of teaching in adult education. It is concluded that research bridges the gap between bodies-territories through the culture circles and the Pretagogia, being important for the didactic reinvention practices of teachers in adult education to promote the change of attitude towards the ethnic-racial relations, generating other implications with the theme. So you can rethink practices, curriculum and learning to revisit the Africanities and enable the implementation and afroreferenciada didactic production.
Descrição: ALVES, Maria Kellynia Farias. Resistência negra no círculo de cultura sociopoético: pretagogia e produção didática para implementação da Lei 10.639/03 no projovem urbano. 2015. 159f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16658
Aparece nas coleções:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_dis_mkfalves.pdf3,11 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.