Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17209
Título: Memória, identidade e oralidade: considerações em torno do carnaval negro da Bahia (1974-1993)
Autor(es): RIBARD, Franck
Palavras-chave: Etnicidade
Memória
Carnaval
Data do documento: 2002
Editor: Trajetos Revista de História UFC
Citação: RIBARD, F. (2002)
Resumo: Este ensaio propõe algumas reflexões sobre a relação entre noções como identidade, etnicidade, memória social, tradição, oralidade e expressão cultural, a partir do estudo do carnaval negro de Salvador da Bahia (Brasil). O foco da observação se concentra no período 1974/ 1993, tomando como objeto principal de análise as implicações ligadas ao desenvolvimento do que foi chamado de "Movimento Afro-Baiano". Nosso interesse busca entender as modalidades da dinâmica de tradição/mudança presentes nas expressões e manifestações culturais do carnaval negro. Nesta perspectiva devemos insistir no ponto de articulação de diferentes dimensões e aspectos da realidade social e racial baiana. A cultura tradicional afro-baiana, a evolução do discurso e da consciência étnica, os contextos político e carnavalesco do período representam alguns dos elementos que privilegiamos na argumentação.
Abstract: Cet essai propose quelques réflexions sur Ia relation entre notions comme identité, ethnicité, mémoire sociale, tradition, oralité et expression culturelle, élaborées à partir de lérude du carnaval noir de Salvador de Bahia (Brésil). Le centre de l' observation se concentre sur Ia période 1974/1993, prenant comme objet principal danalyse les implications liées au développement de ce qui fur appelé "Mouvement Afro-Bahianais", Notre intérêtc herche à comprendre les modalités de Ia dynamique tradition/changement, présentes dans les expressions et les manifestations culturelles du carnaval noir. Dans cerre perspective, nous devons insister sur le point darticulation entre différentes dimensions et aspects de Ia realité sociale et "raciale" bahianaise. La culture traditionnelle afro-bahianaise, l ' évolution du discours et de Ia conscience ethnique, les contextes politique et carnavalesque de Ia période représentent certains des éléments que nous privilégions dans notre argumentation.
Descrição: RIBARD, Franck. Memória, identidade e oralidade: considerações em torno do carnaval negro da Bahia (1974-1993). Trajetos Revista de História UFC, Fortaleza, v. 2, n. 3, p. 123-138, 2002.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17209
ISSN: 1676 - 3033
Aparece nas coleções:DHIS - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2002_art_fribard.pdf7,25 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.