Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17323
Título: Feux qui potuit rerum cognoscere causas
Autor(es): PEREIRA, Antônio Pessoa
Palavras-chave: Língua Latina
Metáfora
Semântica
Data do documento: 1986
Editor: Revista de Letras
Citação: PEREIRA, A. P. (1986)
Resumo: Não sei por que associação de idéias, vezes sem conta, me aflui à mente, como insistente leitmotiv, o verso de um poeta com quem, na juventude, dividi meu tempo de apaixonado cultor da língua latina: O fortunatos nimium, sua si bana norint, Agrícolas! (Virgílio, Geórgicas, liv. 11, v. 458) Seria apenas a beleza melódica do verso de alguém cuja poesia impregnou de raro esplendor toda a literatura do Ocidente na sua manifestação épica, lírica e bucólica? Ou será pelo inusitado da construção latina em que o Cisne de Mântua, fugindo aos cânones da declinação latina, utilizou a forma acusativa, fortunatos agrícolas, em vez de fortunati agricolae, que é o normal de um vocativo latino? Parece que não. É que, nestes versos: 6 mil vezes afortunados os homens do campo se conhecessem a sua felicidade!, além da beleza estilística que tanto singulariza o poeta, por uma espécie de analogia, eu me vejo e vejo os meus colegas professores, quais diligentes agricultores, a usufruir as delícias de um campo fértil onde a semente, uma vez plantada, regada e adubada, produzirá frutos saborosos que haverão de alimentar, mais tarde, a juventude da imensa pátria brasileira...
Descrição: PEREIRA, Antônio Pessoa. Feux qui potuit rerum cognoscere causas. Rev. de Letras, Fortaleza, v. 11, n. 2, p. 121-130, jul./dez. 1986.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17323
ISSN: 0101-8051
Aparece nas coleções:DLV - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
1986_art_appereira.pdf1,27 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.