Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17435
Título: A nova narrativa italiana um autor, um símbolo: Pier Vittorio Tondelli
Autor(es): ZANETTE, Lucia Sgobaro
Palavras-chave: Literatura italiana
Anos oitenta
Renovação
Data do documento: 2005
Editor: Revista de Letras
Citação: ZANETTE, L. S. (2005)
Resumo: Na literatura italiana dos anos oitenta, uma série de autores produziram textos classificados pela crítica de a nova narrativa italiana. Pier Vittorio Tondelli, que escreveu romances, contos, crônicas, textos críticos e peças de teatro durante toda a década, tornou-se - com as suas temáticas inerentes a uma realidade pós-moderna e, principalmente, ligadas a certas experiências da juventude do final dos anos setenta até o começo dos anos noventa - um autor-ícone desse período. Com a sua maneira de viver como homem em movimento, seu agudo senso de observação, sua escritura, seu estilo, seu ritmo e seu forte sentire, ele se revelou um símbolo dessa nova geração de escritores, que promoveram uma importante renovação da literatura italiana, libertando-a dos impasses que a condicionavam: a dificuldade de leitura da narrativa neovanguardista e experimental, a falta de espessura da literatura de consumo e a obviedade da literatura realista, que, todavia, os novos escritores valorizavam bastante.
Abstract: In the Italian literature of the 80’s a series of authors produced texts classified by the criticism as a new Italian narrative. Pier Vittorio Tondelli, who wrote novels, short stories, narratives, essays and plays during the whole decade, became an icon-author of that period, writing about themes inherent to a postmodern reality and specially linked to certain young experiences of the late 70’s until the early 90’s. Living as a moving man, with his acute sense of observation, his writing, his style, his rhythm and his forte sentire, he became a symbol of that new generation of writers, which developed an important renovation of the Italian literature, setting it free from the impasse which conditioned it: the difficult reading of the neovanguard and experimental narrative, the lack of denseness of mass literature, the obviousness of realistic literature - which the new writers appraised a lot anyway.
Descrição: ZANETTE, Lucia Sgobaro. A nova narrativa italiana um autor, um símbolo: Pier Vittorio Tondelli. Revista de Letras, Fortaleza, v. 27, n.1/2, p. 121-124, 2005.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17435
ISSN: 0101-8051
Aparece nas coleções:DLV - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2005_art_lszanette.pdf51,11 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.