Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17487
Título: Os jesuítas e suas atividades linguísticas no Brasil
Autor(es): BESSA, José Rogério Fontenele
Palavras-chave: Linguística
Gramática
História do Brasil
Tupi-guarani
Língua geral
Dialeto
Data do documento: 1994
Editor: Revista de Letras
Citação: BESSA, J. R. F. (1994)
Resumo: Trabalho em que se discorre sobre as atividades lingüísticas dos Jesuítas no Brasil, no período que se inicia em 1550 e termina em 1621. É de natureza documental e se apóia em fontes de evidente valor histórico e lingüístico, entre as quais se salientam as obras codificadoras da realidade lingüística indígena - a gramática de José de Anchieta e a de Luiz Figueira - e as narrativas epistolares compendiadas no volume das Cartas Avulsas, editadas no Rio de Janeiro, em 1931, por iniciativa da Academia Brasileira de Letras. Estas Cartas ... importante manancial de subsídios para o estudo e a descrição da Língua Portuguesa no Brasil no século XVI, revelam, em geral, as múltiplas ações missionárias e, em particular, dois tipos de atividades lingüísticas no processo catequético: a "interpretação" na forma de "tradução paralela", ainda "não-simultânea", e a "tradução" propriamente dita; atestam, além disso, contrariamente à "tese da artificialidade", a "naturalidade" da denominada "língua geral". Em suma, consideram-se as seguintes questões: a) os Jesuitas e as estratégias do processo catequético; b) os diferentes tipos de "atividades lingüísticas" identificadas no referido processo; c) algumas diferenças entre os produtos da sistematização gramatical; e d) a controvérsia da "artificialidade" ou "naturalidade" da língua ou das línguas codificadas.
Abstract: This work deals with the Jesuits' linguistic activities in Brazil, in the period which starts in 1550 and finishes in 1621. It is of fundamental importance and relies upon evident basis of historical and linguistic values among them we can enphasize the works which present the codification on the Indian linguistic reality- the Grammar by José de Anchieta and that by Luiz Figueira - and the epistolary narratives collected in the volume of Cartas Avulsas, issued in Rio de Janeiro, in 1931, had its introductory step in the Brazilian Academy of Letters. These Cartas ... , important sources of subsidy to the study and description of the Portuguese language in Brazil in the sixteenth century, reveal, in general, the multiple missionary actions, and, in particular, two kinds oflinguistic activities in the cathectic process: the "interpretation" in the form of "paralell translation", not "simultaneous translation" yet, and the very translation as it is known; they testify, besides that, in opposition to "thesis of artificiality'', the "naturality" of the so called "língua oral". In short, it is considered the following questions: a) the Jesuits and the strategies of the cathectic process; b) the different kinds of "linguistic activities" identified in the referred process; c) some di:fferences between the two products of grammatical systematization; and d) the controversy of "artificiality'' or "naturality" of the language or of the languages codified.
Descrição: BESSA, José Rogério Fontenele. Os jesuítas e suas atividades linguísticas no Brasil. Revista de Letras, Fortaleza, v. 16, n. 1/2, p. 5-22, jan./dez. 1994.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17487
ISSN: 0101-8051
Aparece nas coleções:DLV - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
1994_art_jrfbessa.pdf2,28 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.