Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17719
Título: Transmutação: criação e inovação nos gêneros do discurso
Título em inglês: Transmutation: creation and innovation in discourse genres
Autor(es): ZAVAM, Aurea Suely
Palavras-chave: Gênero do discurso
Análise de gênero
Transmutação
Data do documento: 2012
Editor: Linguagem em (Dis)curso
Citação: ZAVAM, A. S. (2012)
Resumo: Neste ensaio, a partir de formulações de Bakthin, discutimos o conceito de transmutação. O objetivo maior dessa discussão é compreender melhor a constante tensão entre inovação e conservação tão flagrante nos gêneros do discurso. Concebendo a transmutação como o fenômeno que regeria a possibilidade de transformar e ser transformado a que os gêneros do discurso estariam inexoravelmente submetidos e, ainda, baseando-nos na crença de que a transmutação, processo auto e heteroconstitutivo dos gêneros, se dá por mecanismos distintos, propomos uma tipologia operacional. Postulamos, assim, quatro categorias: transmutação criadora, transmutação inovadora, transmutação externa e transmutação interna. Como desdobramento, pretendemos ensejar pesquisas que possam se valer da tipologia apresentada e discuti-la, vindo a revalidá-la ou reformulá-la, de forma a ampliar nossos conhecimentos sobre a plasticidade e dinamicidade desses artefatos discursivos, sem os quais a linguagem humana seria inimaginável.
Abstract: In this essay, from the Bakhtinian formulations, we discuss the concept of transmutation. The major purpose of this discussion is to better understand the constant tension between innovation and conservation so blatant in the genres of discourse. Conceiving transmutation as the phenomenon that would govern the ability to transform and to be transformed, to which genres of discourse inevitably undergo, and also based on the belief that the transmutation process of constitution of self and hetero genres occurs by distinct mechanisms, we propose an operational typology. We postulate, therefore, four categories: creative transmutation, innovative transmutation, internal transmutation and external transmutation. As a consequence, we intend to develop researches that might be assessed and discussed on the basis of the suggested typology, in order to revalidate it or rephrase it to expand our knowledge about the plasticity and the dynamics of discursive artifacts, without which human language would be unimaginable.
Resumo em espanhol: En este ensayo, a partir de formulaciones de Bakthin, discutimos el concepto de transmutación. El objetivo mayor de esa discusión es comprender mejor la constante tensión entre innovación y conservación tan flagrante en los géneros del discurso. Concibiendo la transmutación como el fenómeno que regiría la posibilidad de transformar ser transformado la que los géneros del discurso estarían inexorablemente sometidos y, aún, basándonos en la creencia de que la transmutación, proceso auto y heteroconstitutivo de los géneros, se da por mecanismos distintos, proponemos una tipología operacional. Postulamos, así, cuatro categorías: transmutación creadora, transmutación innovadora, transmutación externa y transmutación interna. Como despliegue, pretendemos dar lugar a pesquisas que puedan valerse de la tipología presentada y discutirla, viniendo a revalidarla o reformularla, de forma a ampliar nuestros conocimientos sobre la plasticidad y dinamicidad de esos artefactos discursivos, sin los cuales el lenguaje humano sería inimaginable.
Descrição: ZAVAM, Aurea Suely. Transmutação: criação e inovação nos gêneros do discurso. Linguagem em (Dis)curso, Tubarão, SC, v. 12, n.1, p. 251-271, jan./abr. 2012.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17719
ISSN: 1982-4017
Aparece nas coleções:DLV - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_art_aszavam.pdf956,96 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.