Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17966
Título: A hipótese do período crítico na aquisição de língua materna
Autor(es): LIMA JÚNIOR, Ronaldo Mangueira
Palavras-chave: Hipótese do período crítico
Período Crítico
Língua Materna
Critical Period Hypothesis
Critical Period
Language Acquisition
Mother Tongue
Data do documento: 2013
Editor: Revista (Con) Textos Linguísticos (UFES)
Citação: LIMA JÚNIOR, R. M. (2013)
Resumo: Este artigo é uma resenha da literatura sobre a influência que a idade em que se começa a ter contato com uma primeira língua pode ter no processo de aquisição dessa língua materna. Parte-se dos pressupostos teóricos do construto período crítico, amplamente utilizado nas ciências biológicas, para uma melhor compreensão da proposta da Hipótese do Período Crítico para aquisição de línguas. Alguns casos de isolamento linguístico infantil são descritos a fim de se discutir a validade da Hipótese.
Abstract: This paper reviews the literature concerning the influence that the age of first contact with a mother tongue may have on the acquisition of a first language. The assumptions underlying the construct critical period, which is widely used in biological sciences, are firstly discussed in order to better understand the proposal of the Critical Period Hypothesis for language acquisition. Some cases of infant linguistic isolation are described so as to discuss the validity of such Hypothesis.
Descrição: LIMA JÚNIOR, Ronaldo Mangueira. A hipótese do período crítico da aquisição de língua materna. Revista (Con) Textos Linguísticos (UFES), Vitória, v. 7, n. 9, p. 225-239, 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17966
ISSN: 1982-291X (impresso)
2317-3475 (online)
Aparece nas coleções:DLE - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_art_h_rmlimajr.pdf188,79 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.