Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19091
Título: Obtenção do pó da polpa de goiaba pelo método de camada de espuma
Título em inglês: Obtaining guava pulp powder by foam layer method
Autor(es): Maciel, Roberta Magila Gurgel
Orientador(es): Afonso, Marcos Rodrigues Amorim
Coorientador(es): Costa, José Maria Correia da
Palavras-chave: Psidium guajava
Secador de bandeja
Albumina
Data do documento: 2016
Resumo: Esta pesquisa teve como objetivo principal a obtenção de um pó de polpa de goiaba adicionada de albumina pelo método de secagem em camada de espuma. Esse método envolve uma superfície de contato maior entre o produto e o ar quente, devido a espuma formada, tornando o processo de secagem mais rápido. Primeiramente, foram verificadas as características físico-químicas da polpa utilizada. Em seguida, realizou-se um planejamento experimental completo (DCCR), com as variáveis independentes (tempo, concentração de albumina, temperatura) relacionando-as com as variáveis respostas (higroscopicidade, ácido ascórbico, umidade, rendimento, parâmetros de cor: L*, a*, b*) para a escolha da condição de secagem. A condição escolhida foi: 78,5°C, 331,5 min., 5,1% de albumina. Nos pós produzidos foram realizadas as seguintes análises: acidez total titulável, pH, sólidos solúveis, umidade, ácido ascórbico, açúcares redutores e totais, parâmetros de cor (L*, a*, b*), solubilidade, higroscopicidade. Foram realizadas análises para a estabilidade do pó na condição escolhida a cada 15 dias durante 90 dias. Foi realizada a microscopia eletrônica de varredura para analisar as estruturas dos pós nas concentrações de 4 e 8% de albumina. Para as mesmas concentrações foram feitas análises de tensão de cisalhamento, densidade de compactação e ângulo de atrito de parede, bem como foi avaliado o escoamento dos pós. Foram ajustados modelos matemáticos para descrever as isotermas de adsorção e a cinética de secagem. O estudo da estabilidade do pó da polpa de goiaba permitiu observar o aumento da umidade e da coordenada b*, a diminuição do pH, higroscopicidade, coordenadas L* e a*. A acidez total titulável manteve-se estável. Para cinética de secagem da polpa de goiaba adicionada de albumina, o modelo de melhor ajuste, com coeficientes de determinação altos e baixos erros médios estimados foi o de Midilli. Para as isotermas de adsorção dos pós, o modelo de melhor ajuste foi o de GAB com erros médios estimados abaixo de 10%. Os resultados das análises físicas foram feitas para as concentrações do pó a 4 e 8% de albumina em que verificou-se que o pó de polpa de goiaba a 8% de albumina apresentou uma tendência ao escoamento livre, com um ângulo de atrito de parede baixo, maiores tensões de cisalhamento e maiores densidades com relação ao pó a 4% de albumina. Na microscopia eletrônica de varredura verificou-se que os pós têm formatos irregulares e superfície rugosa. Em geral, pode-se concluir que com o método de secagem em camada de espuma obteve-se um pó de polpa de goiaba com características físicas e físico-químicas satisfatórias.
Abstract: This research aimed to obtain a guava pulp powder added albumin by drying method foam layer. This method involves a greater contact surface between the product and the hot air due to the foam formed, which makes fast drying process. First, we checked the physicochemical characteristics of the pulp used. Then, there was a complete experimental design (CCRD), with the independent variables (time, albumin concentration, temperature) relating them to the response variables (hygroscopicity, ascorbic acid, moisture, yield, color parameters: L*, a*, b*) for selecting the drying condition. The condition was chosen: 78.5 ° C, 331.5 min., 5.1% albumin. In powders produced the following analyzes were performed: titratable acidity, pH, soluble solids, humidity, ascorbic acid, reducing and total sugars, color parameters (L *, a *, b *), solubility, hygroscopicity. Analyses were performed for the powder stability in the chosen condition every 15 days for 90 days. The scanning electron microscopy was performed to analyze the post of structures in 4 concentrations and 8% albumin. For the same concentrations were made shear stress analysis, compaction density and wall friction angle, as well as assessed the flow of powders. Mathematical models were adjusted to describe the adsorption isotherms and drying kinetics. The study of the stability of guava pulp powder has observed increased humidity and coordinate b *, the decrease in pH, hygroscopicity, L* and a* and titratable acidity remained stable. For kinetic drying of guava pulp added albumin, the best fit model with high and low coefficients of determination errors was the estimated average Midilli. For the post of adsorption isotherms, the best model was the GAB with estimated average error below 10%. The results of the physical tests were made for powder concentration to 4 and 8% albumin in which it was found that the guava pulp powder 8% albumin showed a tendency to free-flowing, with a wall angle of friction low greater shear rates and higher density with respect to the powder to 4% albumin. In scanning electron microscopy, it was found that the post has irregular shapes and rough surface. In general, it can be concluded that with the drying method foamed layer gave a guava pulp powders having satisfactory physical characteristics and physico-chemical properties.
Descrição: MACIEL, Roberta Magila Gurgel. Obtenção do pó da polpa de goiaba pelo método de camada de espuma. 2016. 108 f. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19091
Aparece nas coleções:DTA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_Dis_rmgmaciel.pdf7,27 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.