Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19470
Título: O desenvolvimento da linguagem oral no contexto da educação infantil: concepções e práticas docentes em uma creche Municipal de Fortaleza
Título em inglês: The development of oral language in the context of early childhood education: concepts and teaching practices in a municipal day care Fortaleza
Autor(es): PAIVA, Ana Carine dos Santos de Sousa
Orientador(es): CRUZ, Silvia Helena Vieira
Palavras-chave: Psicologia da Criança
Educação Infantil
Creche
Oral language
Teachers practices
Day care center
Data do documento: 2016
Citação: PAIVA, A. C. S. S.; CRUZ, S. H. V. (2016)
Resumo: A presente pesquisa situa-se na área da Educação Infantil e buscou conhecer as práticas e as concepções de professoras de creche em relação ao desenvolvimento da linguagem oral das crianças. Assim, procuramos apreender as compreensões das professoras sobre o desenvolvimento da linguagem oral das crianças com as quais trabalham; conhecer o papel que as professoras atribuem a si mesmas, no desenvolvimento da linguagem oral das crianças; identificar as práticas realizadas nos diversos momentos da rotina pela professora que interferem no desenvolvimento da oralidade das crianças; analisar a qualidade dessas práticas. Respaldamos este trabalho nos estudos de Piaget (1983; 1986; 2009), Vigotski (1998; 2007; 2008) e Wallon (1995; 2007; 2008) sobre a importância do surgimento da linguagem oral e o papel desta no desenvolvimento integral e nas interações dos sujeitos; assim como nas discussões propostas por Bondioli e Mantovani (1998), Cruz (2011), Kishimoto (2011), Malaguzzi (1999), Oliveira-Formosinho (2011), acerca da formação e da profissionalidade docente nesta etapa da educação. A pesquisa de campo foi de abordagem qualitativa do tipo estudo de caso, realizada em uma creche municipal de Fortaleza que atende crianças de um a três anos de idade. Utilizamos como instrumentos investigativos: a aplicação de questionário e realização de entrevista com as três professoras e a observação das suas práticas pedagógicas, durante três meses. Adotamos como estratégias de registros o diário de campo, fotografias, gravação de voz e vídeo com a intenção de capturar as interações das docentes com as crianças e das crianças entre si. Nessa pesquisa, constatamos que as docentes compreendem a importância do seu papel no desenvolvimento da linguagem oral das crianças, porém, apenas uma delas garante um trabalho de qualidade com essa linguagem em suas práticas com as crianças. Identificamos que as docentes não percebem que o desenvolvimento dessa linguagem acontece em todos os momentos da rotina, mesmo os que têm maior ênfase em ações de cuidado (alimentação e higiene). Duas das professoras não favorecem o desenvolvimento da linguagem oral das crianças, em suas turmas, ocorrem precárias interações verbais entre docente e crianças. Este estudo destaca ainda que a temática sobre o desenvolvimento da linguagem oral das crianças necessita de um olhar mais atento nas formações (inicial e continuada) de professores, que devem ainda dar maior visibilidade às especificidades do trabalho docente com as crianças de zero a três anos de idade, que vivem, cotidianamente, uma parcela significativa de tempo em instituições de Educação Infantil.
Abstract: This research took place in early childhood education and sought to know the practices and conceptions of teachers of children 1 to 3 years of age about children's oral language development. We try to understand how teachers observe the children's oral language development in the class where they work; to know how they analyze the role they play in the development of oral language of children; identify pedagogical practices carried out by the teacher in the routine that contribute the development of oral language of children; analyze the quality of these practices. We support this work in the studies of Piaget (1983; 1986; 2009), Vygotsky (1998; 2007; 2008) and Wallon (1995; 2007; 2008) about the importance of the emergence of oral language and how it contributes to the integral development and the interactions of the subjects; as well as in the discussions proposed by Bondioli and Mantovani (1998), Cruz (2011), Kishimoto (2011), Malaguzzi (1999), Oliveira - Formosinho (2011), about training and teaching profession in this stage of education. We used the case study with qualitative approach, in a municipal day care center of Fortaleza that serves children from one to three years old. We used as instruments: questionnaires, interviews and observation of three teachers and their teaching practices during three months. We adopted the diary, photographs, voice recording and video with the intention of capturing the interactions of teachers with children and children with children. In this study we found that the teachers knows the importance of their participation in oral development language of children, but only one of them ensures quality work with this language in their practices with children. We found that the teachers do not realize that the development of this language happens in all routine moments, even those with greater emphasis on care actions (food and hygiene). Two teachers do not favor the development of oral language of children because they provide poor verbal interactions between teachers and children. This study reveals that training meetings (initial and ongoing) should explore themes that help the teacher in teaching the children from zero to three years of age who are, day by day, in educational institutions.
Descrição: PAIVA, Ana Carine dos Santos de Sousa. O desenvolvimento da linguagem oral no contexto da educação infantil: concepções e práticas docentes em uma creche Municipal de Fortaleza. 2016. 230f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19470
Aparece nas coleções:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_acsspaiva.pdf3,42 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.