Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19558
Título: O valor deôntico de obrigação e a polaridade: uma análise discursivo-funcional no português europeu
Título em inglês: The deontic value of obligation and polarity: a discursive-functional analysis in european portuguese
Autor(es): PRATA, Nadja Paulino Pessoa
Palavras-chave: Obrigação
Polaridade
Português europeu
Obligation
Polarity
European portuguese
Data do documento: 2011
Editor: e-scrita: Revista do Curso de Letras da UNIABEU
Citação: PRATA, N. P. P. (2011)
Resumo: Este trabalho objetiva analisar a obrigação e polaridade negativa no discurso midiático, sob o enfoque funcionalista, buscando integrar, na análise, os componentes sintáticos, semânticos e pragmáticos, o que pressupõe o estudo da língua em uso efetivo. Dessa forma, procuramos estabelecer relações entre os elementos que compõem os vários níveis com base no modelo proposto por Hengeveld e Mackenzie (2008). Para isso, utilizamos o corpus REDIP2, que foi desenvolvido pelo Instituto de Linguística Teórica e Computacional (ILTEC), situado em Portugal. A análise dos dados obtidos em relação ao discurso midiático televisivo revelou-nos que: (i) ocorreu, com maior frequência, a “obrigação de não agir” do que a “negação da obrigação”; (ii) o tempo e o modo verbais mais usados para a expressão desses subvalores foi o presente do indicativo; (iii) o “tema”, com maior frequência, em relação a “obrigação de não agir” foi o “atualidade”. Por fim, verificamos que os auxiliares modais foram as formas de expressão mais frequentes no corpus.
Abstract: This work aims at analyzing the deontic modality in the media discourse under the functionalist approach, seeking to integrate the syntactic, semantic and pragmatic components in the analysis, which implies the study of language in its effective usage. Thus, we sought to establish relations among the elements which compose the several levels based on the model proposed by Hengeveld and Mackenzie (2008). For so, we utilized the corpus REDIP which was developed by the Theoretical and Computational Linguistics Institute (ILTEC), situated in Portugal. The analysis of the data obtained in relation to the media discourse revealed that: (i) the “obligation not to act” occurred more frequently than the “denial of obligation”; (ii) the verbal temps and mood most frequent were the present of indicative; (iii) the theme most usage was actuality. Finally, we verified that the auxiliary modals were the most frequent expressions in the corpus.
Descrição: PRATA, Nadja Paulino Pessoa. O valor deôntico de obrigação e a polaridade: uma análise discursivo-funcional no português europeu. e-scrita: Revista do Curso de Letras da UNIABEU, Nilópolis, v. 2, n. 6, p. 277-293, set./dez. 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19558
ISSN: 2177-6288
Aparece nas coleções:DLE - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_art_nppprata.pdf142,94 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.