Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19657
Título: Atuação do aspecto na variação entre os pretéritos mais-que-perfeito e perfeito: algumas considerações sobre o princípio do uniformitarismo
Autor(es): BACK, Angela Cristina di Palma
COAN, Márluce
Palavras-chave: Aspecto
Variação
Uniformitarismo
Data do documento: 2014
Editor: Prolíngua
Citação: BACK, A. C. P.; COAN, M. (2014)
Resumo: Nossa proposta visa a demonstrar que a categoria Aspecto (no sentido de tipo de situação, conforme Vendler, 1974 [1967]) condiciona o uso variável dos pretéritos perfeito e mais-que-perfeito tanto em sincronia atual quanto em diacronia. A tipologia verbal quadripartida proposta por Vendler é constituída pelos seguintes tipos de verbos: atividades, accomplishments, achievements e estados; essa tipologia serve à classificação de significados sentenciais e não apenas dos verbos; assim, sujeito, objeto, tempo verbal e advérbios temporais exercem função em determinar a que classe uma expressão pertence. Os dados considerados para a análise sincrônica provêm de entrevistas que integram o banco de dados do VARSUL; a amostra diacrônica, do século XVI ao século XX, engloba, dentre outros gêneros, peças teatrais, cartas, depoimentos. Nas duas perspectivas de análise, utilizamos o programa estatístico VARBRUL. Os resultados mostram que situações mais dinâmicas/menos durativas condicionam o uso do pretérito mais-que-perfeito e situações menos dinâmicas/mais durativas, o uso do pretérito perfeito nas duas amostras, revelando a atuação do princípio do uniformitarismo (LABOV, 1972; 1994).
Abstract: Our proposal aims to demonstrate that the Aspect category (in the sense of type situation, according to Vendler, 1967) conditions the variable use of “pretérito perfeito” and “pretérito mais-que-perfeito”, both in actual synchrony and in diachrony. The verbal quadripartite typology, proposed by Vendler, is constituted by the following types of verbs: activities, accomplishments, achievements and states; this typology serves the classification of sentential meanings, and not just of verbs. Therefore, subject, object, verb tense and temporal adverbs exercise the function of determining to what class the object belongs to. The data here considered for the synchronic analysis belongs to interviews that compose VARSUL's database; the diachronic sample, from the sixteenth to the twentieth century, encompasses, among other genres, plays, letters, and testimonials. For both perspectives of analysis, we used the statistics program VARBRUL. The results show that more dynamic / less durative situations condition the use of the “pretérito mais-que-perfeito”, whereas less dynamic / more durative situations condition, in its turn, the use of “pretérito perfeito” in both samples, showing the role played by the principle of uniformitarianism (Labov, 1972, 1994).
Descrição: BACK, Angela Cristina di Palma; COAN, Márluce. Atuação do aspecto na variação entre os pretéritos mais-que-perfeito e perfeito: algumas considerações sobre o princípio do uniformitarismo. Prolíngua, João Pessoa, v. 9, n. 2, p. 11-26, jul./dez. 2014.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/19657
ISSN: 1983-9979
Aparece nas coleções:DLV - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_art_aback.pdf316,41 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.