Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20138
Título: Das noções de morfema na descrição gramatical
Autor(es): DUARTE, Paulo Mosânio Teixeira
Palavras-chave: Morfema
Morfe
Léxico
Gramática
Data do documento: 2011
Editor: Revista Philologus
Citação: DUARTE, P. M. T. (2011)
Resumo: Neste artigo, propomo-nos a estudar a entidade morfema sob os ângulos seguintes: morfema como unidade significativa mínima, como signo mínimo ou forma mínima; como classe de morfes e como morfe, para verificarmos e analisarmos a confusão terminológica que esta polissemia acarreta. Estudamos também a distinção entre léxico e gramática, significado lexical e gramatical e verificamos que não se sustenta. Ao final, sustentamos o morfema como unidade portadora de sentido quer como signo, quer como classe distribucional e propomos preliminarmente uma escala de morfemas a serem descritos num posterior trabalho. Sugerimos, considerar as condições de produção e a produtividade como critérios válidos e julgamos por bem colocar em pauta o conceito de classe de morfes como válida para a análise sincrônica.
Descrição: DUARTE, Paulo Mosânio Teixeira. Das noções de morfema na descrição gramatical. Revista Philologus, Rio de Janeiro, Ano 17, n. 51, p. 66-78, set./dez. 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20138
ISSN: 1413-6457
Aparece nas coleções:DLV - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_art_pmosanio.pdf87,78 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.