Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20155
Título: Natureza e cultura na fotografia de Tiago Santana
Título em inglês: Nature and culture in Tiago Santana's photography
Autor(es): LEMOS, Tércia Montenegro
Palavras-chave: Semiótica
Fotografia
Tiago Santana
Data do documento: 2015
Editor: CASA: cadernos de semiótica aplicada
Citação: LEMOS, T. M. (2015)
Resumo: Nosso artigo, resultado de uma recente pesquisa em semiótica visual, pretende investigar a construção do sentido em imagens de autoria do fotógrafo cearense Tiago Santana. A semiótica, como teoria da relação, une termos – que podem ser unidades significantes de qualquer grandeza – do ponto de vista da significação. Assim, os componentes visuais de uma foto podem ser entendidos como termos constituintes de um sentido, na medida em que se põem numa dimensão relacional. Tais relações se articulam em diferentes níveis de análise, conforme sabemos pelo modelo da semiótica greimasiana, que indica procedimentos que vão desde a construção de um programa narrativo num percurso global (capaz de simular a geração de sentido da estrutura profunda à estrutura de superfície) até abrir espaço, mais recentemente, para as aplicações da semiótica tensiva, utilizada em nossa análise. Com fundamentação teórica também respaldada pelos estudos de Floch (1985), Pietroforte (2007) e Dondero (2008 e 2011), obtivemos resultados esclarecedores em torno da oposição fundamental humano/cultura vs. animal/natureza, observada na construção de um universo sertanejo em cinco fotografias de nosso corpus de base.
Abstract: Our article results of a recent research in visual semiotics and intends to investigate the process of sense in images from the photographer Tiago Santana from Ceará. Semiotics, as a relationship theory, puts elements together that can be significant units of any magnitude, from the point of view of meaning. So, the visual components of a picture can be understood as terms of a sense being in a relationship dimension. These relationships work in different levels of analysis as we know from the model of the Greimasian semiotics, revealing a process which involves from the construction of a narrative programming in a global trajectory (able to simulate the generation of meaning from the deep structure to the superficial one) until the opening, recently, of a field to the tensive semiotics used in our analysis. Using as theoretical framework also the studies by Floch (1985), Pietroforte (2007) and Dondero (2008, 2011), we have found clarifying results of the opposition human/culture vs. animal/nature, observed in the construction of a country field in five photographs from our base corpus.
Descrição: LEMOS, Tércia Montenegro. Natureza e cultura na fotografia de Tiago Santana. CASA: cadernos de semiótica aplicada, Araraquara, v. 13, n. 1, p. 227-248, jul. 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/20155
ISSN: 1679-3404
Aparece nas coleções:DLV - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_art_tmlemos.pdf1,54 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.