Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21885
Título: A educação profissional no Brasil: entre o tecnicismo dos anos de 1970 e a pedagogia das competências nos dias atuais
Título em inglês: The professional education in Brazil: between the technology of the 1970s and the pedagogy of competences in the current days
Autor(es): Soares, Roberto Leite
Orientador(es): Lustosa, Francisca Geny
Palavras-chave: Ensino Médio Profissionalizante - Brasil
Educação baseada na competência
Ensino Técnico – Brasil
Technical and Vocational Education
Integrated High School
Data do documento: 2016
Citação: Soares, R. L.; Lustosa, F. G. (2016)
Resumo: Este estudo se debruça sobre a temática da Educação Profissional, aludida em legislações e em documentos de orientações de práticas pedagógicas, que versam sobre o aspecto da vinculação com a Educação Básica, constituída na história do ensino brasileiro. A intenção se guia pela perspectiva comparada, no que concerne a dois períodos e contextos distintos: em torno das reformas do ensino dos anos de 1970, posta pela LDB 5.692/71 e os dias atuais, sob a égide da lei 9.394/96 e de suas implicações sociopolítico-econômicas à educação. Quanto aos objetivos específicos, buscamos, portanto, identificar elementos concernentes à noção de educação profissional, ensino técnico compulsório e ensino médio integrado à educação profissional, de acordo com as Leis de Diretrizes e Bases; e, elucidar o curso das reformas da década de 70 e da atualidade à luz das políticas educacionais, procedidas nos períodos analisados, com vias a caracterizar as práticas pedagógicas da Educação Profissional. Nossos interlocutores para o campo da Educação Comparada são, em especial, Bonitatibus (1989) e Nóvoa (2000); na Educação Profissional e Ensino Técnico-Profissionalizante Frigotto (2005), Ramos (2005, 2008), Ciavatta (2005), Moura (2012), Kuenzer (2012), dentre outros, além dos documentos legais (LDB’s, Pareceres, Resoluções, DCN’S e RCN’s). A abordagem do estudo é de caráter qualitativo, com uso de fontes bibliográficas e documentais, aliada a parte empírica, tomando como lócus a Escola Estadual Paulo VI, em Fortaleza (CE), por ter oferecido nos dois períodos enfocados essa modalidade de ensino. Os sujeitos entrevistados foram dois ex-professores da década de 70/80 (de Datilografia e Tipografia), e cinco professores atuais (três da base comum e dois da base técnica). Os resultados do estudo evidenciam diversas implicações advindas do período em que vigorou na educação brasileira o ensino com “iniciação para o trabalho”, ainda em nível de 1º grau e com “habilitação profissional”, em nível de 2º grau, nos anos de 1970 e 1980, o que por imposição compulsória da lei, conformava a vigência da concepção tecnicista, que até hoje traz marcas ao ensino. Quanto ao período vigente, pós-LDB de 96, temos o surgimento de um neotecnicismo, exposto sob o paradigma da “Pedagogia das Competências”, como discurso e direcionamento à educação Profissional, novamente integrada à educação Básica, assim como fora preconizado pela LDB de 71 flexibilizada a compulsoriedade pela lei 7.044/82 e extinta pelo decreto 2.208/97. O retorno dos preceitos de integração à educação básica dar-se, na contemporaneidade, com a lei 5. 154/04, que referenda a LDB vigente, novamente sob a égide de ditames internacionais e da nova face produtiva capitalista. O modelo de produção se substitui, mas o atrelamento da educação a interesses econômicos não.
Descrição: SOARES, Roberto, Leite. A educação profissional no Brasil: entre o tecnicismo dos anos de 1970 e a pedagogia das competências nos dias atuais. 2016. 155f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21885
Aparece nas coleções:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_rlsoares.pdf4,74 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.