Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22076
Título: A lusofonia em Agostinho da Silva: dos ideais de uma comunidade de língua portuguesa à criação da UNILAB
Título em inglês: Lusofonia in Agostinho da Silva: from the ideals of a Portuguese-speaking community to the creation of UNILAB
Autor(es): Cavalcante, Francisca Dulcelina Feitosa
Orientador(es): Lustosa, Francisca Geny
Palavras-chave: Pensadores portugueses – Sex. XX
Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira - História
Silva, Agostinho da, 1906-1994 – Critica e interpretação
Lusophony
Education
Data do documento: 2017
Citação: Cavalcante, F. D. F.; Lustosa, F. G. (2017)
Resumo: A pesquisa em foco traz à tona o pensamento de Agostinho da Silva, pensador português, que morou no Brasil entre os anos de 1944 a 1969, onde teve uma participação política intensa, notadamente em relação ao Ensino Superior; no entanto, ainda não suficientemente estudado e divulgado. Homem com ideias inovadoras para o seu tempo, foi responsável pela criação de algumas universidades federais brasileiras, como a da Paraíba e a de Santa Catarina, também atuante na criação de Centros de Estudos e idealizador de uma comunidade internacional, com noções de cooperação e integração ligada pela língua portuguesa, gérmen da atual Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Nesse sentido, nos debruçamos sobre a relação entre o pensamento de Agostinho da Silva quanto à lusofonia, delineando uma possível aproximação entre suas ideias e a base fundante de criação da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB). São objetivos específicos: estudar a circulação mundial das ideias de lusofonia, a partir de Agostinho da Silva, em uma perspectiva histórico-comparada; e compreender as ideias filosóficas e pedagógicas do autor (princípio filosófico-educativo), especialmente em destaque, as categorias: “Quinto Império”, “Comunidade Fraternal”, “Espírito Santo” e “Educação”. O referencial teórico remete às obras do autor, especialmente, “Textos Pedagógicos I e II” (2000) e “Dispersos” (2008), além de apontamentos de estudiosos que se dedicaram a biografias e antologias desse autor, como Franco (2015), Cristóvão (2008) e Borges (2006). A relação entre as ideias filosóficas de Agostinho da Silva sobre lusofonia e educação e seu desvelamento na base de implementação da UNILAB teve como fontes metodológicas o levantamento e a análise de documentos que compõem a matriz teórico-metodológica, entrevistas a dois professores que participaram de seu projeto de implantação, além de dois técnicos em assuntos educacionais e alunos (seis estrangeiros e dois brasileiros), e aplicação de questionários. Dessa forma suas ideias aparecem contemporâneas e muito aproximadas dos discursos que se ligam à instituição UNILAB. Encontramos na fundamentação da Universidade, sua perfilação, características peculiares e sua missão, aproximações que denotam relações e que constituem reflexões que se alinham ao pensamento deste, ainda que sem nenhuma menção ou crédito ao seu nome e consideramos, ainda, que a pesquisa contribui para uma maior identificação/divulgação do pensamento do autor no mundo acadêmico e para uma melhor compreensão do fenômeno lusófono no contexto sócio-político-educacional contemporâneo, com acento na UNILAB.
Descrição: CAVALCANTE, Francisca Dulcelina Feitosa. A lusofonia em Agostinho da Silva: dos ideais de uma comunidade de língua portuguesa à criação da UNILAB 2017. 186f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2017.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22076
Aparece nas coleções:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_dis_fdfcavalcante.pdf3,66 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.