Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22142
Título: Politecnia e escola unitária: reflexão com base em Pistrak, Gramsci e Saviani
Título em inglês: Politecnia and unitary school: reflection based on Pistrak, Gramsci and Saviani
Autor(es): Feijó, Jerciano Pinheiro
Orientador(es): Sales, Francisco José Lima
Palavras-chave: Ensino profissionalizante – Brasil
Educação Socialista
Ensino profissional – Brasil
Unity School
Professional Education
Data do documento: 2016
Citação: Feijó, J. P.; Sales, F. J. L. (2016)
Resumo: O debate entorno dos conceitos de politecnia e escola unitária têm ocorrido ao longo do século XX e no início do atual por diversas correntes ligadas ao campo marxista. Contudo, está longe de um consenso ou de seu esgotamento. Isso não significa que ele é menos importante, ao contrário, sua constante atualização é fundamental na luta por uma escola que contribua para a emancipação humana, uma escola desalienante. Este estudo pretendeu trazer à luz questões que parecem distantes nessa discussão e tendo por base autores reconhecidos por sua atuação no desenvolvimento de uma educação baseada no pensamento marxista. buscou-se responder a três perguntas: O que efetivamente Pistrak entendia como sendo escola politécnica e a que ela serviria? Qual a importância, em Gramsci, da escola unitária para a formação de uma nova sociedade? Como são apreendidos os conceitos de politecnia e escola unitária no pensamento de Saviani? Com a resposta dessas questões pretende-se levar os educadores do debate a ação na busca pela politecnia e por uma escola unitária. Por se tratar de conceitos, todo o estudo realizou-se teoricamente, portanto teve como técnica o estudo bibliográfico e as atividades inerentes a ele: levantamento bibliográfico, resumos, fichamentos, resenhas. Além de Marx e Engels (1983 e 2007), Marx (1985, 1988, 2013), Pistrak (2011 e 2015), Gramsci (1982, 1987 e 2011) e Saviani (1989 e 2003), muitos debatedores foram importantes, destacamos: Sousa Junior (2011), Nosella (2010), Sousa (2012), Frigotto e Ciavatta (2014), Frigotto (1984), Kuenzer (1988) e Sousa e Oliveira (2013). Entende-se que Marx apresentou a politecnia como parte de uma escola que deveria levar formação humana a partir da junção entre o saber científico e a formação para a produção, enquanto Pistrak compreendia a escola politécnica como sendo um caminho para formação do homem para a nova sociedade soviética. Gramsci entende a escola única como a que recebe todas as crianças e jovens e a eles oferece um processo educativo sem distinção de origem social e que nessa escola haja equilíbrio na realização de atividades manuais e intelectuais. No Brasil a apreensão desses conceitos desenvolve-se de forma destacada no que chamamos Escola de Saviani, pois é amplamente debatido por educadores que realizaram seus estudos sob sua influência. Para Saviani a proposta da educação politécnica visa superar a atual divisão e desumanização do homem, seja ele considerado como indivíduo ou como classe. Enfim, um único tipo de escola que some a formação intelectual e produtiva como fundamento educativo do ser, objetivando sua desalienação é o que defendem os teóricos aqui estudados.
Abstract: The debate surrounding the polytechnic concepts and unit school have occurred throughout the twentieth century and the beginning of the current by different currents linked to the Marxist camp. However, it is far from a consensus, or rather, of their exhaustion. That does not mean it is less important, on the contrary, their constant update is essential in the fight for a school that contributes to human emancipation, is a dealienating school. This study intended to bring to light issues that seem far in this discussion and from authors already recognized for his role in the development of an education based on Marxist thought: What actually Pistrak understood as polytechnic and it would? How important, in Gramsci, the unitary school for the formation of a new society? How are grasped the concepts of polytechnic and unitary school at the thought of Saviani? The answer to these questions intends to debate the polytechnic and unitary school action by the Marxist educators. As it comes to concepts, the whole study was carried out theoretically, so had the technical bibliographic study and activities related to it: literature, abstracts, fichamentos, reviews. In addition to Marx and Engels (1983 and 2007), Marx (1985, 1988, 2013), Pistrak (2011 and 2015), Gramsci (1982, 1987 and 2011) and Saviani (1989 and 2003), many debaters were important, include: Sousa JR (2011), Nosella (2010), Sousa (2012), Frigotto and Ciavatta (2014), Frigotto (1984), Kuenzer (1988) and Sousa and Oliveira (2013). We understand that Marx presented the polytechnic as part of a school that would take human formation from the junction between scientific knowledge and training for production, while Pistrak understand the alliance polytechnic as the school that would form the man for the new Soviet society . Gramsci means the only school as one that balance fairly the development of manual and intellectual work capacity. In Brazil the seizure of these concepts develops prominently in what we call School Saviani, it is widely debated by educators who have developed their studies under its influence. Saviani to the proposal of polytechnic education aims to overcome the current division and dehumanization of man, whether considered as individuals or as a class. Finally, a single type of school that some intellectual and productive training as an educational ground of being, aiming his alienation is the defending theorists studied here.
Descrição: FEIJÓ, Jerciano Pinheiro. Escola unitária e politecnia: reflexão com base em Pistrak, Gramsci e Saviani. 2016. 90f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22142
Aparece nas coleções:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_jpfeijo.pdf658,88 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.