Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22143
Título: Análise do Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará (SPAECE):um estudo comparativo entre o efeito escola e os resultados de proficiência em escolas da rede estadual nos anos de 2012 A 2014
Título em inglês: A comparative study between the School Effect and the Results of proficiency in schools of the State Network in the years of 2012 to 2014
Autor(es): Oliveira, José Valmir Guimarães de
Orientador(es): Trompieri Filho, Nicolino
Palavras-chave: Rendimento escolar - Avaliação – Fortaleza (CE)
Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará
Avaliação educacional - Fortaleza (CE)
School Effect
Evaluation of Educational System
Data do documento: 2016
Citação: Oliveira, J. V. G.; Trompieri Filho, N. (2016)
Resumo: A partir do Relatório Coleman (1966), ficou estabelecido em seus resultados, amplamente publicados, que o principal determinante da desigualdade no desempenho dos alunos não era a diferença existente na estrutura das escolas, mas sim as diferenças socioeconômicas de suas famílias. Muito divulgada, a conclusão do primeiro relatório de pesquisa do professor Coleman afirmava que a escola não faz diferença e isso se difundiu inclusive no Brasil. O objetivo do trabalho é evidenciar a relação entre desempenho do aluno nos testes de Português e Matemática aplicados pelo Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará - SPAECE, nos anos de 2012, 2013 e 2014 e as variáveis contextuais: Tipo de Escola (acadêmica ou profissionalizante), Desempenho da Escola (alto ou baixo), Situação Socioeconômica do aluno, Contexto Familiar do aluno, Práticas Pedagógicas do Professor, Clima Escolar na escola, Expectativa Acadêmica/Profissional do Aluno e Gestão Democrática. Essas variáveis foram construídas com base nos microdados do SPAECE. Trabalhou-se com oito escolas do Ensino Médio, sendo quatro acadêmicas e quatro de educação profissionalizante. Em cada tipo de escola foram tomadas as duas com a maior proficiência nos testes de Matemática e Português e duas com menor proficiência nas aplicações do SPAECE, nos anos de 2012, 2013 e 2014. Tomou-se, nessas escolas, uma amostra aleatória simples de 3.708 alunos distribuídos nos três anos da aplicação, com uma confiança de 95% e erro de 2%, e seus respectivos diretores e professores de Matemática e Português. A partir do banco de microdados do SPAECE nos três anos, foram construídas as variáveis acima junto com a Proficiência do aluno em Matemática e em Português em um banco de dados do software SPSS - Statistical Package for the Social Sciences, versão para Windows 20.0. Trabalhando-se com esse banco de dados, foram realizadas três regressões lineares múltiplas, tendo como variáveis independentes a proficiência em Português, a proficiência em Matemática e a média da proficiência em Português e Matemática e como variáveis preditoras as oito variáveis contextuais. Utilizou-se o método Stepwise (entrada e saída) em cada regressão, obtiveram-se três modelos finais com seis variáveis preditoras em cada um. Observando-se os coeficientes padronizados de cada modelo obtido, verifica-se que as três variáveis preditoras com maiores pesos nas variáveis independente, nos resultados das regressões foram: Tipo de Escola, Desempenho da Escola e Clima Escolar. A variável preditora Contexto Familiar não foi incluída em nenhum dos três modelos.
Abstract: From the Coleman Report (1966), which was established in its results, widely published, indicated that the main determinant of inequality in student performance was not the difference in the structure of the schools, but socioeconomic differences in their families. Highly publicized, successful completion of the Coleman Professor of the research report stated that the school does not matter and it spread including Brazil. The objective is to highlight the relationship between student performance in Portuguese and mathematics tests administered by SPAECE in the years 2012, 2013 and 2014 and the contextual variables: type of school (academic or professional), the School Performance (high or low), student Socioeconomic Status, Family Context student, Pedagogical Practices professor, School Climate School, Academic Expectations / Professional student and Democratic Management. These variables were constructed based on micro SPAECE data. He worked with eight high school schools, four academic and four vocational education. In each type of school they were taken both with the greatest proficiency in test Mathematics and Portuguese and two with less proficiency in SPAECE applications in the years 2012, 2013 and 2014. It took up these schools a simple random sample of 3,708 students distributed in the three years of the application, with a 95% confidence and error 0.05, and their respective directors and teachers of Mathematics and Portuguese. From the bank of micro SPAECE data in the three years, the variables were built up together with the proficiency of students in Mathematics and Portuguese in a SPSS database - Statistical Package for the Social Sciences, version for Windows 20.0. Working with this database were three multiple linear regressions with independent variables Proficiency in Portuguese, Proficiency in mathematics and the Middle Proficiency in Portuguese and mathematics and as predictor variables eight contextual variables. We used the stepwise method (input and output) in each regression was obtained a final model with six predictor variables. Observing the standardized coefficients of each model obtained it appears that the three predictor variables as larger weights in the independent variable were: Type of School, School Performance and School Climate. The predictor variable "Family Context was not included in any of the three models.
Descrição: OLIVEIRA, José Valmir Guimarães de. Análise do Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará (SPAECE):um estudo comparativo entre o efeito escola e os resultados de proficiência em escolas da rede estadual nos anos de 2012 a 2014. 2016. 131f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/22143
Aparece nas coleções:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_jvgoliveira.pdf1,48 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.