Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2376
Título: Avaliação da política de emprego para pessoa com deficiência no Município de Maracanaú-CE
Autor(es): SANTOS, Francisca Edinalda Lima
Orientador(es): ESMERALDO, Gema Galgani Silveira Leite
Palavras-chave: Politicas Públicas
Mercado de Trabalho
Preconceito
Pessoa com Deficiência - Políticas Públicas
Evaluation
Labour Market
Prejudgement
People with Disabilities and Public Policy
Data do documento: 2011
Editor: www.teses.ufc.br
Citação: SANTOS, F.E.L.; ESMERALDO, G. G. S. L. (2011)
Resumo: O presente trabalho identificou e avaliou as ações que consolidam a política de emprego para pessoas com deficiência no Município de Maracanaú, Estado do Ceará. O trabalho foi realizado com pesquisa quantitativa, bem como com dados qualitativos que nos apoiaram no entendimento da subjetividade dos nossos sujeitos. O método de análise utilizado foi o de Estudo de Caso. Com a pesquisa bibliográfica obteve-se aprofundamento dos estudos, que permitiu um reforço paralelo na análise. A pesquisa de campo realizou-se no município de Maracanaú. A amostra constituiu-se de 127 pessoas com deficiência, sendo que, destas, 23 foram familiares de deficientes, 02 entrevistas feitas com as psicólogas do Setor de Recursos Humanos de duas empresas e 01 técnico do SINE/IDT e 01 técnico da Superintendência Regional do Trabalho. O levantamento dos dados junto aos sujeitos realizou-se no período de março a agosto de 2010. Para a coleta de dados foi aplicado um questionário, realizadas entrevistas e também utilizado o diário de campo. Os sujeitos da pesquisa foram pessoas com deficiência que estão dentro e fora do mercado de trabalho, familiares, profissionais que prestam serviços em órgãos públicos e recursos humanos de empresas. Na primeira parte do trabalho tem-se uma abordagem histórica das diferentes civilizações, recorrendo a autores como Bianchetti (1988), Skiliar (1997) e Cavalcante (2001). Para refletir sobre pessoa com deficiência e trabalhar com os conceitos de preconceito, exclusão e estigma, a fundamentação construiu-se com o estudo de autores como Goffman (1988) e Sassaki (2006). Para tratar sobre questões pertinentes ao trabalho e sua importância na ocupação humana na perspectiva da pessoa com deficiência, o embasamento teórico se deu com autores como Schruber (2002) e Carreta (2004). Para finalizar os eixos teóricos, trabalhou-se as questões de cidadania e políticas públicas na perspectiva da inclusão social e amparo legal para a pessoa com deficiência; onde se buscou autores como Silva (2000) e Behring e Boschetti (2006) para dialogar. Conclui-se que, apesar de ainda existir a barreira do preconceito e da falta de conhecimento e qualificação a respeito das potencialidades da pessoa com deficiência, é possível comprovar, como foi demonstrada na experiência do Projeto Aprendiz, sua capacidade para o mercado de trabalho. Tal projeto forma um indivíduo cada vez mais produtivo, reforçando a luta pela inclusão destes sujeitos em todos os sentidos de sua vida
Abstract: This study identified and evaluated the actions that strengthen the employment policy for persons with disabilities in the City of Maracanaú (CE). The study was quantitative research, as well as qualitative data that supported us in understanding the subjectivity of our subjects. The analysis method used was the Case Study. With the literature we obtained further studies, which allowed a parallel increase in the analysis. The fieldwork took place in the town of Marazion. The sample consisted of 127 persons with disabilities, and of these, 23 were families of disabled where we collect the data, 02 interviews with the psychologists of the Department of Human Resources for two companies and 01 technical SINE / IDT 01 and Technical Supervision Regional Labor. The survey of data from the subjects took place from March to August 2010. For the data collection was a questionnaire, interviews were conducted and also used a field diary. The research subjects were people with disabilities who are in and out of the labor market, families, professionals who provide services in public agencies and staffing companies. In the first part of the work has a historical approach of the different civilizations, drawing on authors as Bianchetti (1988), Skiliar (1997) and Cavalcante (2001). To reflect on people with disabilities and work with the concepts of prejudice, exclusion and stigma, the grounds was built with the study of authors such as Goffman (1988) and Sassaki (2006). To address issues pertaining to the work and its importance in human occupation from the perspective of people with disabilities, the theoretical basis was given to authors such as Schruber (2002) and Wagon (2004). To conclude the theoretical strands, worked as issues of citizenship and public policy from the perspective of social inclusion and legal support for people with disabilities, where we sought to authors such as Silva (2000) and Behring and Boschetti (2006) for dialogue. We conclude that, despite the presence of the barrier of prejudice and lack of knowledge and skill about the potentials of the disabled person, it is possible to prove, as was demonstrated in the experience of the project Apprentice, his capacity for labor market. This project forms an individual more productive, strengthening the fight to include these subjects in every sense of your life.
Descrição: SANTOS, F. E. L. Avaliação da política de emprego para pessoa com deficiência no Município de Maracanaú-Ce. 2011. 101 f. Dissertação (Mestrado em Avaliação de Políticas Públicas) – Universidade Federal do Ceará, Pro - Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, Programa de Pós-Graduação em Avaliação de Políticas Públicas, Fortaleza, 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2376
Aparece nas coleções:MAPP - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_Dis_FEdinaldaLSANTOS.pdf581,64 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.