Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/27107
Title in Portuguese: Currículo para bebês no contexto da creche: concepções, práticas e participação das crianças
Author: Carneiro, Maria Crélia Mendes
Advisor(s): Cruz, Rosimeire Costa de Andrade
Keywords: Desenvolvimento da criança
Conteúdos da Educação Infantil
Cuidados com a Criança
Kindergartens
Curriculum
Issue Date: 2017
Citation: CARNEIRO, Maria Crélia Mendes. Currículo para bebês no contexto da creche: concepções, práticas e participação das crianças. 2017. 299f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, (CE), 2017.
Abstract in Portuguese: Esta pesquisa teve como objetivo central analisar o currículo em desenvolvimento para crianças na faixa etária de quatro a 18 meses em turmas de Berçário no contexto de uma creche pública municipal no Estado do Ceará. Teve como aportes teóricos os estudos: do psicólogo francês Henri Wallon (1968, 1995, 2007) sobre o desenvolvimento dos bebês; de Oliveira-Formosinho (2002) e Ortiz e Carvalho (2012), que tratam da ação docente na Educação Infantil; de Barbosa e Richter (2009, 2010) e Barbosa (2010), que discutem currículo na Educação Infantil. Além disso, foram importantes os seguintes documentos oficiais: Práticas Cotidianas na Educação Infantil: Bases para a Reflexão sobre as Orientações Curriculares (BRASIL, 2009); Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil (BRASIL, 2009a) e a Base Nacional Comum Curricular (BRASIL, 2017). A metodologia do trabalho baseou-se na abordagem qualitativa e constituiu-se em um estudo de caso. Contou com a participação de 20 bebês, duas professoras e duas auxiliares de sala. A análise dos dados revelou, entre outros aspectos: 1) a inexistência de um currículo para bebês na Proposta Pedagógica sistematizada da creche pesquisada; 2) a ausência de um planejamento intencional para a maioria das atividades que acontecia no Berçário; 3) a dificuldade das educadoras de perceber a especificidade do trabalho a ser realizado com os bebês, considerando suas particularidades e seu potencial para aprender ativamente; 4) uma suposta dissociação entre cuidado (entendido como atividades para o atendimento das necessidades corporais) e educação (compreendido como atividades que visam desenvolver apenas o aspecto cognitivo das crianças); 5) o conhecimento advindo da “maternidade” visto como necessário para atuar junto aos bebês; 6) a indiscutível capacidade dos bebês de participarem das situações que acontecem no espaço coletivo mesmo quando as condições oferecidas não fazem jus ao seu potencial criativo, comunicativo e interacional. Assim, com base na análise dos dados, conclui-se que o currículo instituído no interior do Berçário da creche pesquisada não atende aos direitos e às necessidades dos bebês no que diz respeito às brincadeiras e interações, à apropriação de diferentes linguagens, cuidado e educação de boa qualidade. Indica, portanto, a necessidade de realização de mais pesquisas na área sobre e a urgência de investimento na formação inicial e continuada das professoras que atuam junto às crianças dessa faixa etária bem como dos demais profissionais responsáveis pelo acompanhamento pedagógico do trabalho realizado em creches.
Abstract: This research aimed to analyze the curriculum under development for children aged four to eighteen months in Nursery classes in the context of a public school day care center in the State of Ceará. The theoretical contributions were: the French psychologist Henri Wallon (1995, 2007) on the development of babies; fron Oliveira-Formosinho (2002) and Ortiz and Carvalho (2012), which deal with teaching activity in Early Childhood Education; Of Barbosa and Richter (2009) and Barbosa (2010), who discuss curriculum in Early Childhood Education. In addition, the following official documents were important: Everyday Practice in Early Childhood Education: Bases for Reflection on Curricular Guidelines (BRASIL, 2009); National Curricular Guidelines for Early Childhood Education (BRASIL, 2009a) and the National Curricular Common Base (2017). The methodology of the work was based on the qualitative approach and was constituted in a case study. It counted on the participation of 20 babies, two teachers and two helpers. Data analysis revealed, among other aspects: 1) the lack of a curriculum for babies in the systematized pedagogical proposal of the day care center; 2) the absence of intentional planning for most activities that took place in the Nursery; 3) the difficulty of the educators to perceive the specificity of the work that has to be performed with the babies, considering their particularities and their potential of learning actively; 4) a supposed dissociation between care (understood as activities to meet the needs of the body) and education (understood as activities that aim to develop only the cognitive aspect of the children); 5) the knowledge that comes from "motherhood" seen as necessary to act with the babies; 6) the indisputable ability of infants to participate in situations that occur in collective space even when the conditions offered do not live up to their creative, communicative and interactional potential. Thus, based on the analysis of the data, it is concluded that the curriculum established within the nursery of the day care center does not meet the rights and needs of the babies with respect to the games and interactions, the appropriation of different languages, care and education of good quality. It indicates, therefore, the need to carry out more research in the area and the urgency of investing in the initial and continuing training of the teachers who work with the children of this age range as well as the other professionals responsible for the pedagogical follow-up of the work performed in kindergartens.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/27107
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_dis_mcmcarneiro.pdf3,25 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.