Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2986
Título: Educação sexual na escola - concepções e práticas.
Título em inglês: Sex education in school - conceptions and practices
Autor(es): OLIVEIRA, Célia Maria Soares de
Orientador(es): BEZERRA, José Arimatea Barros
Palavras-chave: Educação sexual - Estudo e ensino - - Floriano(PI)
Educação sexual para adolescentes - Floriano(PI)
Estudantes do ensino fundamental - Floriano(PI) - Atitudes
Professores de ensino fundamental - Floriano(PI) - Atitudes
Educadores sexuais - Floriano(PI) - Atitudes
Data do documento: 2006
Editor: http://www.teses.ufc.br
Citação: OLIVEIRA, C. M. S. ; BEZERRA, J. A. B. (2006)
Resumo: O presente estudo analisa a prática pedagógica da educação sexual em duas escolas de ensino fundamental no município de Floriano-PI. A seleção das escolas se deu mediante os seguintes critérios: ser uma de natureza pública e outra particular; possuir ensino fundamental de quinta a oitava série, nos turnos manhã e/ou tarde; possuir em seu quadro funcional, além do professor de ciências, outros que trabalhem a educação sexual. A pesquisa é qualitativa, do tipo estudo de caso. Professores e alunos foram entrevistados no intuito de melhor caracterizar essa prática educativa. Com esse estudo, conclui-se que as escolas pesquisadas desenvolvem dois tipos principais de educação sexual: uma oculta e outra explícita, com abordagens médica, pedagógica e política. Os professores demonstram maturidade e entendimento de suas limitações e de possibilidades de concretizar a educação sexual como prática educativa escolar. E, ainda, concebem a escola como um local ideal para esse exercício pedagógico. No entanto, há consenso apenas que pessoas devidamente capacitadas devam exercê-la. Para os alunos, a educação sexual é importante e se faz necessária por fazê-los refletir. Todavia, a falta de integração e de sistematização dos conteúdos abordados, dentre outros fatores, são os que fazem com que a educação sexual aconteça de forma ainda frágil na realidade estudada. Como protagonistas dessa realidade, os próprios alunos sugeriram a educação sexual que gostariam de ter na escola; contudo, cabe aos educadores repensarem as possibilidades institucionais da escola, repensar o processo burocrático, percebendo-o como uma força capitalizadora da unidade e, portanto, uma questão política e não apenas funcional.
Abstract: The present study is a qualitative case study research, which aims to analyze the pedagogic practice of sexual education in two schools of elementary teaching in Floriano, state of Piauí. The selection of the schools was done by the following criteria: one school must be a public school and the other one must be a private school; both of them must be elementary teaching schools, teaching from 5th to 8th grade, with morning and/or afternoon sessions; both schools must have a sexual education teacher in its staff in addition to the Science teacher. Teachers and students were interviewed with the intention to characterize better the educational practice. Through this study it is possible to conclude that the researched schools develop two main kind of sexual education: an occult one and an explicit one, with medical, pedagogic and politic approaches. The teachers show maturity and understanding about their limitations and possibilities of realizing sexual education as an educational practice of the school. Besides, they conceive the school as the perfect place for that pedagogic exercise. However, they agree that only properly qualified people should exercise it. For the students, sexual education is important and necessary for making them reflect about it. Nevertheless, the lack of integration and systematization of the approached contents, among other factors, makes sexual education happens in a still fragile way in the studied reality. As the main characters of that reality, the students themselves suggested what sexual education they would like to have at school. Yet, it is up to the teachers to ponder about the institutional possibilities of the school and to think over the bureaucratic process perceiving it as a capital force of the unit and, therefore, a political and not only functional subject.
Descrição: OLIVEIRA, Célia Maria Soares de. Educação sexual na escola - concepções e práticas. 2006. 131f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira, Fortaleza-CE, 2006.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/2986
Aparece nas coleções:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2006_Dis_CMSOliveira.pdf687,72 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.