Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3030
Título: A palavra do poeta Horacio Dídimo
Autor(es): Monteiro, José Lemos
Palavras-chave: Dídimo, Horácio, 1935- - Critica e interpretação
Poesia brasileira
Literatura brasileira, Ceará
Literatura brasileira - Crítica e interpretação
Análise do discurso narrativo
Data do documento: 1979
Editor: Revistas de Letras
Citação: Monteiro, J. L. (1979 / 1980)
Resumo: Estreando nas letras em 1967 com Tempo de chuva, Horácio Dídimo logo foi reconhecido como um dos poetas mais conscientes do valor da palavra, explorando sempre o máximo de conotações em enunciados poéticos extremamente breves. Essa contenção vocabular tomou novos aspectos com o livro Tijolo de barro, publicado em 1968, definindo-se assim as constantes temáticas do discurso literário do autor. Um poeta essencialmente filósofo, que interpreta a existência à luz da simplicidade, questionando os valores e anseios do homem, numa época de contrastes e dúvidas atormentadoras.
Descrição: MONTEIRO, José Lemos. A palavra do poeta Horacio Dídimo. Revista de Letras, Fortaleza, v. 2/3, n. 2/1, p. 20-31, 1979/1980.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3030
ISSN: 01018051
Aparece nas coleções:DLV - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
1979_Art_JLMonteiro.pdf1,21 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.