Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3046
Título: O avanço neoliberal, o modelo de acumulação flexivel, o enfraquecimento sindical e suas implicações sobre a formação da consciência de classe dos trabalhadores, tendo por base o sindicalismo no contexto internacional e brasileiro, com ênfase especial o sindicalismo dos trabalhadores bancários de Fortaleza
Título em inglês: The neo-liberal progression, the model of flexible accumulation, the weakening trade union and its implications on the formation of awareness class of employees, based on the unions in the international and Brazilian, with special emphasis on the unions of bank employees in Fortaleza
Autor(es): Santos Junior, Humberto de Oliveira
Orientador(es): Rech, Hildemar Luiz
Palavras-chave: Sindicalismo
Reestruturação produtiva
Reestruturação produtiva
Bancário
Unionism
Productive restructuring
Neoliberalism
Banking
Sindicalismo - Ceará
Neoliberalismo - Ceará
Consciência de classe
Sindicato dos Bancários do Estado do Ceará
Bancários - Produtividade do trabalho - Ceará
Bancários - Efeito das inovações tecnológicas - Ceará
Data do documento: 2009
Editor: http://www.teses.ufc.br
Citação: SANTOS JUNIOR, H. O. ; RECH, H. L. (2009)
Resumo: O presente estudo está focado no movimento sindical brasileiro e suas mudanças mediante sucessivos governos neoliberais iniciados a partir dos anos 1990. Dentro deste contexto fazemos uma análise sob a perspectiva marxista, abordando quatro aspectos: esclarecer a origem dos conflitos entre trabalho e capital os quais motivaram a formação de organizações trabalhistas como os sindicatos; abordar algumas tendências sindicais desde suas origens na Europa até chegar àqueles que influenciaram a formação dos sindicatos brasileiros, a fim de identificar elementos que caracterizem e justifiquem a sua trajetória; contrapor características do Modo de Regulação Social no período Moderno com o novo modelo implantado durante a Modernidade Tardia, levando em consideração a formação dos perfis exigidos aos trabalhadores em cada época, bem como as formas de resistência do movimento e, por fim, nessa análise buscamos elementos relevantes a partir de uma investigação qualitativa do discurso dos bancários e sindicalistas na sua relação com o movimento sindical para observar a contribuição desse processo na formação da consciência de classe, mediante as ações e os entraves entre a luta sindical e o aparelho ideológico neoliberal, este último encabeçado pelos banqueiros e governos.
Abstract: This study focuses on the Brazilian trade union movement and their changes by successive neoliberal governments started from 1990s. Within this context we review under the Marxist perspective, covering four aspects: to clarify the origin of the conflict between labor and capital which led to the formation of organizations such as labor unions, union address some trends since its origins in Europe to reach those who influence the training of Brazilian unions to identify elements that characterize and justify their trajectory; characteristics of the counter mode of social regulation in the modern period with the new model implemented during the late modernity, taking into account the profiles of training required for employees in each season, and the forms of resistance to movement and, finally, this analysis sought relevant from a qualitative research of the discourse of trade unionists in the bank and its relationship with the union movement to observe the contribution of this process in the formation of conscience class, through the actions and barriers between the union and fight neoliberal ideological apparatus, the latter headed by bankers and governments.
Descrição: SANTOS JUNIOR, Humberto de Oliveira Santos. O avanço neoliberal, o modelo de acumulação flexivel, o enfraquecimento sindical e suas implicações sobre a formação da consciência de classe dos trabalhadores, tendo por base o sindicalismo no contexto internacional e brasileiro, com ênfase especial o sindicalismo dos trabalhadores bancários de Fortaleza. 2009. 129 f. . Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira, Fortaleza-CE, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3046
Aparece nas coleções:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_Dis_HOSJunior.pdf652,6 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.