Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3125
Título: Concepções e práticas de professores em avaliação da aprendizagem na rede pública municipal de ensino de Teresina
Título em inglês: Practical conceptions and of professors in evaluation of the learning in the municipal public net of education of Teresina
Autor(es): Aguiar, Elenita Maria Dias de Sousa
Orientador(es): Holanda, Patricia Helena Carvalho
Palavras-chave: Avaliação
Aprendizagem
Prática avaliativa
Evaluation
Learning
Evaluation process
Ensino fundamental – Avaliação – Teresina(PI)
Professores de ensino fundamental – Teresina(PI)
Aprendizagem
Data do documento: 2009
Editor: http://www.teses.ufc.br
Citação: Aguiar, L. M. D. S.; Holanda, P. H. C. (2009)
Resumo: Este estudo apresentou como objetivo geral investigar as concepções e práticas dos professores em avaliação da aprendizagem em escola de Ensino Fundamental (séries iniciais) do ensino público municipal de Teresina. Para tanto, consideraram-se os documentos oficiais (Projeto Político Pedagógico, Proposta Curricular, Diretrizes Curriculares do Município de Teresina e Regimento Escolar) e as concepções e práticas dos professores. Constitui-se em estudo de caso descritivo com abordagem qualitativa, com nove professores de 4ª série do Ensino Fundamental. Para a coleta de dados utilizaram-se questionários, seguidos de entrevista semi-estruturada, análise documental e observação com registro em diário de campo. Os resultados indicam que a prática docente quanto às funções da avaliação da aprendizagem ainda é reducionista. Na escola pesquisada, especificamente nas turmas de 4ª série, observou-se que o ativismo pedagógico é expresso por representações espontaneístas, que na avaliação pode ser traduzida como práticas pontuais, pois, embora alguns professores desenvolvam o acompanhamento da aprendizagem dos alunos, a avaliação é priorizada pela nota. Esses aspectos influenciam o currículo, que da intenção construtivista expressa nos documentos oficiais, reflete o desenvolvimento de práticas criativas, mas não caracterizadas como construtivas, concentração nas áreas de Língua Portuguesa e Matemática, presença do reforço e distanciamento do diálogo, manifestando práticas pedagógicas que se distanciam do diagnóstico, dos registros escritos e das intervenções com intenções à função formativa da avaliação. Os elementos das funções avaliativas não são desconhecidos dos professores, entretanto, eles não se sentem preparados para utilizá-los no desenvolvimento de suas rotinas. Outro dado dos resultados compreende a importância dada aos documentos oficiais, parte dos professores os conhece, outros apenas sabem da sua existência. A parte dos documentos conhecida pela maioria é a que diz respeito aos conteúdos, objetivos, habilidades e projetos, portanto, não se pode dizer que a fundamentação teórica da prática avaliativa seja orientada por eles. Observou-se que a prática avaliativa de alguns professores é permeada pela vontade de acertar, mas para a maioria é apenas rotina a ser cumprida. Para todos, entretanto, ela é desenvolvida em meio às dificuldades e desconhecimento dos reais sentidos da prática avaliativa. As transformações devem ser viabilizadas tanto em termos de formação docente, quanto às adequações a novas práticas, considerando os professores como sujeitos da discussão, e não apenas executores de ações
Abstract: The general objective of this study was to investigate the conceptions of some teachers, and their practices in evaluating learning in the beginning grades of an Elementary School in the Municipal Education System of Teresina, Piaui, Brazil. The information (data) sources for the study included some official documents (Political-Pedagogical Project, Curriculum Proposal, Directives of the Teresina Municipality, and the School Rule & Regulations), as well as the conceptions and practices of the teacher participants themselves. The investigation, a descriptive case study of a qualitative nature, depended upon nine 4th grade teachers. Data were collected through questionnaires, followed by semi-structured interviews, documentary analyses, and those observations registered in the field journal. The results of the study indicate that the teachers basically employed a reductionist approach when they evaluated student learning. Through spontaneous representations, the teacher participants in the study demonstrated some pedagogical activism. In their fixed and punctuated evaluative practices, though a few developed some student follow-up, grades remained the first priority as a general rule of thumb. This situation influenced the curriculum in that though these professionals expressed support for the constructivist content of the official documents, what they practiced in the classroom had little or nothing to do with the development of creative practices as required by these documents. Rather, the teachers concentrated on teaching Portuguese and Mathematics using reinforcement techniques (Skinner), a pedagogical strategy very far removed from dialogue, diagnosis, registration of general student development, and interventions intended to constitute formative evaluations. Though familiar with the elements for appropriate student evaluation, the teachers did not feel prepared to use this knowledge in their pedagogical activities. Another result of the study was that the teachers gave great importance to the official documents. However, only some knew the contents of these documents. Many teachers merely claimed to know that they existed. Despite the fact that many of the teachers knew of the pedagogical contents, objectives, competencies, and projects discussed in these documents, it cannot be said that their evaluative practices were based on these elements. While some teachers’ evaluative practices were permeated by a desire to get it correct, for others, evaluation was merely a routine that had to be followed. For all of the teachers, nonetheless, evaluation was developed with many difficulties and little knowledge of the real meaning of evaluation in the learning process. Based upon this study, it can be recommended that relevant changes be introduced not only in teacher education, but also in new and more appropriate teaching practices. Finally, in discussing schooling, teachers are important agents (subjects) and not mere executors of actions planned by others
Descrição: AGUIAR, Elenita Maria Dias de Sousa . Concepções e práticas de professores em avaliação da aprendizagem na rede pública municipal de ensino de Teresina. 2009. 113f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira, Fortaleza-CE, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3125
Aparece nas coleções:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dis_emdsaguiar.pdf376,63 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.