Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3163
Title in Portuguese: O trabalho e a mobilização de saberes docentes: limites e possibilidades da racionalidade pedagógica na educação superior
Author: Santos, Francisco Kennedy Silva dos
Advisor(s): Therrien, Jacques
Keywords: Educação superior
Saberes docentes
Trabalho docente
Racionalidade pedagógica
Éducation supérieure
Savoirs enseignants
Travail enseignant
Rationalité pédagogique
Professores universitários - Formação - Fortaleza(CE)
Professores universitários - Fortaleza(CE) - Atitudes
Educação - Estudo e ensino(Superior) - Fortaleza(CE)
Física - Estudo e ensino(Superior) - Fortaleza(CE)
Química - Estudo e ensino(Superior) - Fortaleza(CE)
Prática de Ensino
Universidade Estadual do Ceará
Issue Date: 2011
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: SANTOS, Francisco Kennedy Silva dos. O trabalho e a mobilização de saberes docentes: limites e possibilidades da racionalidade pedagógica na educação superior. 2011. 289f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira, Fortaleza-CE, 2011.
Abstract in Portuguese: A presente Tese é resultado de uma investigação que tem por objeto o trabalho e a mobilização de saberes docentes, tendo como foco principal de análise os limites e as possibilidades da racionalidade pedagógica na Educação Superior. O estudo parte da concepção de que a preparação didático-pedagógica é necessária para a formação docente cuja especificidade formativa é o que a caracteriza. A fundamentação teórica ancora-se em diversos estudos que procuram mapear as racionalidades que movem esses profissionais em situação de trabalho, tendo como referencial a prática docente (TARDIF, LESSARD e LAHAYE, 1991; THERRIEN, 1996, 1997; TARDIF, 1999, 2002; SCHÖN, 1995, 2000; PIMENTA, 2002, 2006; CONTRERAS, 2002; SACRISTÁN, 1996, 1999; ZEICHNER, 1992, 1998, 2000). A tese central deste estudo é: os professores sem formação específica para a docência mobilizam saberes em situação de prática – saberes experienciais oriundos de suas interrelações; no entanto, esses saberes não dão conta das incertezas em situação de trabalho e isolados em um contexto não superam a falta de uma formação pedagógica para a docência. O objetivo geral da pesquisa foi compreender os elementos constituintes da relação teoria-prática no trabalho docente desenvolvido nos Cursos de Licenciatura na área de Ciências de uma Instituição de Ensino Superior (IES) e dos saberes e suas implicações resultantes para o processo de formação contínua do professor reflexivo-crítico. A pesquisa move-se a partir do seguinte problema: Qual a relação teoria-prática no trabalho docente desenvolvido pelos professores dos cursos de licenciatura em Física e Química do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT) da Universidade Estadual do Ceará (UECE), em Fortaleza sem formação pedagógica e como mobilizam os saberes no âmbito da docência? Diante da complexidade do objeto, utilizou-se da pesquisa qualitativa considerada o caminho mais indicado a trilhar, uma vez que esta privilegia os significados, experiências, motivos, sentimentos, atitudes e valores dos professores envolvidos com o fenômeno a ser investigado: a docência na Educação Superior na perspectiva de professores formados em áreas não pedagógicas. A temática escolhida não é algo que possa ser quantificado, pois segundo Dias (2010, p.81-82), “incorpora significados e motivos” que não podem ser “reduzidos à operacionalização de variáveis” (MINAYO, 1994, p.18). Assim, utilizou-se dos seguintes procedimentos: a revisão bibliográfica; aplicação de questionários com questões abertas e fechadas; realização de entrevista semi-estruturada e de explicitação; e a observação não participante. Os resultados da pesquisa evidenciam que os docentes investigados, movidos por uma racionalidade técnica que se funde em sua prática, apresentam deficiências pedagógicas que impedem a superação do hiato teoria e prática, cristalizando cada vez mais a separação do pensar e do fazer. Diante deste contexto, o professor-bacharel dos cursos investigados tem uma pedagogia própria pautada na transmissão do conteúdo, e segundo suas representações não consideram a formação pedagógica como base para a docência, mas sim os saberes da área específica da sua formação profissional.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3163
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_tese_fkssantos.pdf1,66 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.