Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3203
Título: Quem disse que as rosas não falam? Concepções de docentes do ensino fundamental sobre a interdisciplinaridade na escola
Título em inglês: Who said that roses do not speak? Conceptions of Elementary School’s teacher about interdisciplinarity at schoo
Autor(es): FERNANDES, José Wagner Alves
Orientador(es): BARGUIL, Paulo Meireles
Palavras-chave: Professores de ensino fundamental - Fortaleza(CE) - Atitudes
Professores de ensino fundamental - Formação - Fortaleza(CE)
Prática de ensino - Fortaleza(CE)
Abordagem interdisciplinar do conhecimento na educação - Fortaleza(CE)
Interdisciplinarity
Elementary School
Ensino Fundamental
Concepções de Professores
Interdisciplinaridade
Data do documento: 2010
Editor: http://www.teses.ufc.br
Citação: FERNANDES, J. W. A. ; BARGUIL, P. M. (2010)
Resumo: O presente trabalho investigou as concepções dos docentes das turmas de 7ª e 8ª séries do ensino fundamental de uma escola pública da rede estadual, em Fortaleza, sobre a interdisciplinaridade. Esse estudo teve como objetivo explorar possibilidades ou, pelo menos, esboçar perspectivas, do desenvolvimento de práticas interdisciplinares nas turmas do ensino fundamental dessa escola. A abordagem teórica tem como suportes principais: Kuhn (1998), Capra (1997), Morin (2000; 2009) e Moraes (1997), que tratam a questão da atual crise de paradigma e da emergência de um novo paradigma epistemológico; Japiassu (1976), que denuncia a patologia do saber; Fazenda (1979; 1987; 1992; 1994; 1998; 1999; 2002ª; 2002b e 2006), que investiga os problemas gerados pela fragmentação do saber, no ensino e aponta a necessidade de uma atitude interdisciplinar diante do conhecimento; e de Lenoir (1997 e 2002), que privilegia em seus trabalhos o enfoque sobre a interdisciplinaridade escolar. A metodologia empregada engloba um estudo de caso, do tipo exploratório, para acessar o cotidiano escolar, delineado com base nas técnicas da “observação participante”, da “entrevista reflexiva” e da análise documental, procurando agregar, também, os conceitos de “estranhamento” (ANDRÉ, 1998), “professor reflexivo” (SCHÖN, 1995) e “professor pesquisador”. (SILVA, 1990). Os dados foram analisados através da triangulação teoria versus documentos oficiais versus pesquisa de campo. As conclusões apontam que, apesar de obstáculos como a carência maior de embasamento teórico dos professores, já podem ser detectados neles sementes de interdisciplinaridade, que possibilitam perspectivas para realização de atividades interdisciplinares na EEFM. Jardim do Éden.
Abstract: This work investigated concepts, experiences, attitudes and expectations of teachers of elementary school EEFM Jardim do Éden, a public school in the state system, in Fortaleza, about interdisciplinarity in the school. The theoretical approach has as its major supporters: Kuhn (1998), Capra (1997), Morin (2000, 2009) and Moraes (1997), dealing with the issue of the current crisis in the paradigm and the emergence of a new epistemological paradigm; Japiassú ( 1976), which denounces the condition of knowledge; Fazenda (1979, 1987, 1992, 1994, 1998, 1999, 2002a, 2002b and 2006), which investigates the problems generated by fragmentation of knowledge, education and highlights the need for an attitude on interdisciplinary knowledge, and Lenoir (1997 and 2002), which focuses its work on the focus on interdisciplinary education. The methodology includes a case study, exploratory, to access the school routine, designed based on the techniques of "participant observation", the "reflexive interview and documentary analysis, trying to join, too, the concepts of" strangeness (ANDRÉ, 1998), "reflective teacher" (SCHON, 1995) and "teacher researcher". (SILVA 1990). Data were analyzed using the triangulation theory versus official documents versus field research. The findings indicate that, despite obstacles such as lack of theoretical basis of the greatest teachers, they can be detected in them seeds of interdisciplinarity, which allow prospects for realization of interdisciplinary activities in EEFM. Jardim do Éden.
Descrição: FERNANDES, José Wagner Alves. Quem disse que as rosas não falam? : concepções de docentes do ensino fundamental sobre a interdisciplinaridade na escola. 2010. 215f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira, Fortaleza-CE, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3203
Aparece nas coleções:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_Dis_JWAFernanddes.pdf2,03 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.