Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3251
Título: A metáfora da água em João Cabral
Autor(es): LIMA, Batista
Palavras-chave: Capibaribe, Rio
Melo Neto, João Cabral de, 1920-1999 - Crítica e interpretação
Análise do discurso literário
Data do documento: 1983
Editor: Revistas de Letras
Citação: LIMA, B. (1983)
Resumo: Menino de engenho, auxiliar de escritório, vendedor de apólices de seguro, campeão juvenil pelo Santa Cruz Futebol Clube de Recife, embaixador, poeta, imortal da Academia Brasileira de Letras. São estágios por onde se desenvolve fluidamente o itinerário de João Cabral de Melo Neto. Digo fluidamente porque há um rio em sua vida. Ou como diz Guilherme Alves, estudioso de sua po~ tica: "Um rio de realidade num deserto de sentimentos. Um rio em poçado na vereda do problema, onde a terra serve somente ao sonho e ao desespero, 'severinamente' acompanhada da morte e du~t estrelas".
Descrição: LIMA, Batista. A metáfora da água em João Cabral. Revista de Letras, Fortaleza, v. 6, n. 1/2, p. 113-120, 1983.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3251
ISSN: 01018051
Aparece nas coleções:DLV - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
1983_Art_BLima.pdf981,48 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.