Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/33415
Title in Portuguese: Educação escolar quilombola no Cariri Cearense: africanização da escola a partir de pedagogias de quilombo
Author: Santos, Ana Paula dos
Advisor(s): Cunha Júnior, Henrique Antunes
Co-advisor(s): Nunes, Cicera
Keywords: Cariri Cearense
Quilombo Carcará
Pedagogia de quilombo
Issue Date: 2018
Citation: SANTOS, Ana Paula dos. Educação escolar quilombola no Cariri Cearense: africanização da escola a partir de pedagogias de quilombo. 2018. 218f. - Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação. Fortaleza (CE), 2018.
Abstract in Portuguese: A educação escolar quilombola é um direito a ser garantido à população negra que vive em territórios de reminiscência africana. Ao estudarem em escolas situadas geograficamente nesses espaços, próximas a eles ou que recebam quilombolas, devem considerar no currículo escolar, os aspectos étnicos, históricos, antropológicos e culturais da comunidade. Essas comunidades são fortemente marcadas pela presença da cultura africana e constituem o patrimônio material e imaterial do Brasil. Os elementos históricos e identitários que compõem a formação de quilombos são encontrados na comunidade quilombola de Carcará, município de Potengi na região do Cariri, sul do estado do Ceará. O foco desta investigação se define, a partir de um trabalho voltado para a africanização curricular da escola quilombola Maria Virgem da Silva, marcado por uma pedagogia de quilombo. Esta proposta de trabalho tem como objetivo investigar fatores do repertório cultural afrocarcarense que são importantes para o currículo escolar quilombola na comunidade em questão, tendo como referências, a Lei 10.639/03, que instituiu a obrigatoriedade do ensino da história africana e afro-brasileira em todos os currículos da educação básica, e as Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação Escolar Quilombola de 2012. A partir disso, construir com as/os professoras/es uma Diretriz Curricular que norteie o trabalho na escola. No desdobramento desse objetivo adotei, inicialmente, a pesquisa observação, iniciada no final de ano de 2014 e início de 2015, com o trabalho de conclusão de curso de especialização voltado para a gestão pedagógica da referida escola. A análise dos resultados revelou um currículo que não dialogava com os conhecimentos quilombolas, é a partir dessa problematização que nasce a pesquisa intervenção, originada da coleta de dados realizada a partir dos instrumentos metodológicos de diário de campo, como entrevistas e observação. O referencial teórico é constituído por autores como Cunha Junior (2007), Kabenguele Munanga e Gomes (2006), Anjos (2006), Macedo (2006), Videira (2013) e Nascimento (2006) que discutem as categorias conceituais necessárias para o enriquecimento teórico da pesquisa, categorias como: quilombo, identidade, território, memória quilombola e pedagogia de quilombo. A dissertação, também trata dos diversos elementos das africanidades caririenses, e promovem um diálogo com estudos geográficos, históricos e arqueológicos da região. O estudo permitiu concluir que é urgente que escolas quilombolas precisam desenvolver um trabalho pedagógico étnico racial por meio de pedagogias de quilombo.
Abstract: The quilombola school education is a right to be guaranteed to the black population, who live in territories of African reminiscence, to study in schools located geographically in these spaces, next to them or that receives quilombola, must consider in the curriculum school, the ethnic, historical aspects, anthropological and cultural community. These communities are strongly marked by the presence of African culture and constitute the material and immaterial patrimony of Brazil. The historical and identity elements that make up the formation of quilombos are found in the quilombola community of Carcará, municipality of Potengi in the region of Cariri, in the southern state of Ceará. The focus of this research is defined, based on a work focused on the curricular Africanization of the quilombola school Maria Virgem da Silva, marked by a quilombo pedagogy. This work proposal, aims to investigate factors of the Afrocarian cultural repertoire are important for the quilombola school curriculum in the community in question, having as reference, Law 10.639 / 03, which established the obligation of teaching African and Afro-Brazilian history in all curricula of basic education, and the National Curricular Guidelines for Kildorn School Education of 2012, and from that, to build with the teachers a curricular guideline that guides the work in the school. In the unfolding, from this objective I initially adopted the observation research, begun at the end of the year 2014 and beginning of 2015, the conclusion of a specialization course for the pedagogical management of said school and the analysis of the results revealed a curriculum that did not dialogue with the quilombola knowledge, it is from this problematization that the intervention research originates from the collection of data made from the methodological instruments of field diary, interviews and observation. The theoretical framework is made up of authors such as Cunha Junior (2007), Kabenguele Munanga and Gomes (2006), Anjos (2006), Macedo (2006), Videira (2013) and Nascimento (2006) who discuss the conceptual categories necessary for theoretical enrichment of the research, categories as: quilombo, identity, territory, memory quilombola and pedagogy of quilombo. The dissertation also deals with the various elements of the Caririan Africanities, and promotes a dialogue with geographical, historical and archaeological studies of the region. The study allowed us to conclude that it is urgent that quilombola schools need to develop ethnic pedagogical work through quilombo pedagogies.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/33415
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_dis_apdossantos.pdf4,76 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.