Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3376
Title in Portuguese: O desenvolvimento da compreensão interdisciplinar discente em cursos de formação de professores: construção de significados e sentidos
Title: The development of student understanding in interdisciplinary courses for teachers: constructing meanings and feelings
Author: Freire, Ludmila de Almeida
Advisor(s): Moraes, Silvia Elizabeth Miranda de
Keywords: Interdisciplinaridade
Comunicação e Educação
Formação de Professores
Interdisciplinaridade da Educação
Racionalidade
Atitude dos Estudantes
Estudante Universitário
Docente em Formação
Abordagem Interdisciplinar
Prática de Ensino
Issue Date: 2011
Publisher: http://www.teses.ufc.br
Citation: FREIRE, Ludmila de Almeida. O desenvolvimento da compreensão interdisciplinar discente em cursos de formação de professores: construção de significados e sentidos. 2011. 102f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira, Fortaleza-CE, 2011.
Abstract in Portuguese: Este estudo tem como principal objetivo analisar o processo de desenvolvimento da concepção interdisciplinar nos cursos de formação de professores. Teve-se como foco a observação das relações interdisciplinares tecida pelos discentes na disciplina de Didática I, em seminários temáticos, privilegiando estes por seu caráter intersubjetivo. Nossa intenção em observar os seminários foi a de buscar perceber que racionalidade emerge desses eventos, se mais integradora e comunicativa, condizente com o paradigma da interdisciplinaridade; se mais instrumental estratégica, aliada à uma perspectiva de fragmentação do saber. O estudo encontra justificativa mediante a necessidade docente de desenvolver uma práxis pedagógica que abarque as complexas demandas da sociedade em rede de informações, que exigirá desse profissional uma atitude dialógica e interdisciplinar. Nossa hipótese inicial é a de que as atividades em grupo, vivenciadas de maneira institucional pelo futuro professor em sua formação inicial, podem se constituir em importante espaço de convergência dos diferentes campos disciplinares, socioculturais e textuais, num diálogo intersubjetivo, significativo, imbuído de diferentes pontos de vista e, portanto, propiciador do pensamento interdisciplinar. A pesquisa realizada ancorou-se na abordagem qualitativa, na perspectiva etnográfica e observou um grupo de alunos da disciplina de Didática entre o período de março a abril de 2010. Teve como instrumentalização de coleta dados o registro de notas de campo, gravações em áudio e entrevista semiestruturada individual. A análise dos dados demonstrou que, nas discussões observadas, apesar da perspectiva interdisciplinar ter uma boa aceitação no nível teórico, os alunos ainda possuem certa dificuldade de compreender como ela pode ser aplicada na prática educativa. No entanto, o grupo foi capaz de reconhecer que o desenvolvimento das diversas inteligências humanas proporciona um perfil de sujeito mais apto a uma postura interdisciplinar. Foi evidenciado também pelo grupo que saberes provenientes de suas trajetórias pessoais constituem-se como elementos agregadores na compreensão interdisciplinar de mundo. Tornou-se perceptível ainda que, na discussão intersubjetiva a qual os alunos estavam envolvidos, vence o argumento mais forte, mas não no sentido de dominar as demais pretensões argumentativas presentes no grupo, e sim no sentido de orientar a práxis a partir da proposição que pareceu mais significativa a todos. O acompanhamento desse processo nos permite afirmar que, ao longo do seu desenvolvimento, não existiu apenas um consenso final, mas sim uma série de consensos que foram sendo estabelecidos, sem os quais a proposta não poderia vir a conhecer desdobramentos. Sem esses acordos realizados intersubjetivamente, não seria possível que o grupo entrasse em uma sinergia, que culminou em uma produção comum, marcada pela contribuição de diversos olhares.
Abstract: This study is meant to analyze the process of developing interdisciplinary understanding in teacher education courses. It focused on the observation of interdisciplinary relations woven by students in the discipline of Didactics I in thematic workshops, an activity that was chosen due to its intersubjective character. Our intention in observing the workshops was to identify which rationality emerges from such events, whether it is more inclusive and responsive, consistent with the paradigm of interdisciplinarity, or more instrumental-strategic, in accordance with a fragmented vision of knowledge. The study is justified by the need to develop a teacher pedagogical practice that embraces the complex demands of the networked society of information, which will require a professional attitude and interdisciplinary dialogue. Our initial hypothesis is that the activities experienced institutionally by future teachers in their initial training may constitute an important area of convergence between different disciplines, fostering socio-cultural, textual and meaningful dialogue, imbued with different points of view and, therefore, propitiating an interdisciplinary thinking. The research is anchored in the qualitative approach and ethnographic perspective. We observed a group of students of Didactics from March to April 2010. For data collection we took field notes on the group‟s dialogues and recorded semi-structured individual interviews. Data analysis showed that, despite the interdisciplinary perspective having a good acceptance at the theoretical level, students still have some difficulty in understanding how this approach can be applied in educational practice. However, the group was able to recognize that the development of different human intelligences provides a profile that is more in accordance with an interdisciplinary approach. It was evidenced by the group that the knowledge derived their personal trajectories are elements which bring an interdisciplinary understanding of the world. It became evident that, in the intersubjective discussions where students were involved the stronger argument wins, but not in the sense of dominating the other argumentative claims, but in the sense of guiding the praxis from the proposition that seemed more meaningful to all. The observation of this process allows us to say that throughout its development there was not only a final consensus, but rather a series of agreements that were established intersubjectively without which the proposal would not be possibly developed. Without these agreements, it would not be possible for the group to enter a synergy that culminated in a joint production, characterized by the contribution of different outlooks.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3376
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_dis_ lafreire.pdf510,6 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.