Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/34020
Title in Portuguese: Dez dimensões da qualidade em educação infantil: um diagnóstico de instituições públicas de Fortaleza
Author: Rocha, Regiana Nepomuceno
Advisor(s): Mamede, Inês Cristina de Melo
Keywords: Infância
Desenvolvimento infantil
Educação infantil
Atendimento à criança
Issue Date: 2004
Citation: ROCHA, Regiana Nepomuceno. Dez dimensões da qualidade em educação infantil: um diagnóstico de instituições públicas de Fortaleza. 2004. 162f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Mestrado em Educação, Fortaleza (CE), 2004.
Abstract in Portuguese: A educação brasileira obteve várias conquistas, especialmente no que diz respeito ao acesso à escola. Apesar disso, essas conquistas não garantiram a qualidade educacional em nossas instituições. Tomamos como base as dez dimensões estruturais da qualidade - Metas e objetivos, Experiências de aprendizagem/Currículo, Estratégias de ensino e aprendizagem, Planejamento, avaliação e manutenção de registros, Organização da equipe técnica, Espaço fisico, Relações e interações, Igualdade de oportunidades, Parceria parental e ligação com o lar e a comunidade e Gestão, monitorização e avaliação, utilizadas pela Associação Criança de Portugal. A questão que norteou o nosso trabalho foi: de que forma essas dimensões estão sendo contempladas em instituições de Educação Infantil da rede pública municipal de Fortaleza? Utilizamos, como referencial teórico, as concepções sobre o desenvolvimento infantil de Piaget e Vygotsky e a ecologia do desenvolvimento humano de Bronfenbrenner, pois enfatizam a importância dos contextos e das suas inter-relações para o desenvolvimento do indivíduo. Utilizamos, a título de enriquecimento do trabalho, os dez aspectos-chave da qualidade da Educação Infantil propostos por Zabalza e os critérios para um atendimento em creches que respeite os direitos fundamentais das crianças, estabelecidos por Campos. O diálogo com esses autores serviu como suporte para que os nossos objetivos de identificar, de diagnosticar e de analisar essas dimensões da qualidade pudessem ser contemplados. Fizemos a opção, dentre as diferentes abordagens da pesquisa qualitativa, pelo estudo de caso. Optamos por fazer a pesquisa com crianças de quatro a cinco anos, em duas instituições que proporcionassem diferentes formas de atendimento - um Centro de Educação Infantil e uma Unidade de Atendimento à Criança. Estabelecemos os procedimentos e instrumentos de pesquisa necessários para a análise das dimensões, são eles: as observações, os registros e as entrevistas. Nos sentimos desafiados a utilizar, também, dois novos instrumentos de pesquisa, que são: a escala de envolvimento da criança e a escala de empenhamento do adulto. Foi constatado por nós que das dez dimensões da qualidade nenhuma foi contemplada de maneira satisfatória. Em ambas as instituições os espaços não ofereciam segurança e não pareciam estar organizados para promover a aprendizagem. Em nenhuma das duas escolas foram estabelecidas às metas e os objetivos que deveriam nortear o trabalho das instituições e também nelas não havia núcleo gestor. Constatamos que as equipes técnicas das duas instituições não utilizavam qualquer instrumento para monitorar e avaliar a qualidade do atendimento prestado. Nas duas instituições não foram encontrados critérios para a organização das equipes, nem um projeto de formação continuada. As professoras das duas escolas não planejavam, portanto não tinham como elaborar estratégias de aprendizagem, comprometendo as experiências de aprendizagem das crianças. Também não foi encontrada nenhuma forma sistemática de avaliação. As professoras não parecem estar conscientes da necessidade de proporcionar a igualdade de oportunidades dentro do espaço escolar. As duas instituições necessitam criar um espaço de diálogo entre os profissionais, educadores e crianças, uma vez que diálogo, especialmente entre as crianças, é pouco estimulado. A relação com a família se restringe aos momentos de entregar e receber as crianças na escola. As instituições pesquisadas não faziam reuniões sistemáticas com os pais para discutir o desenvolvimento das crianças. Com isso concluímos que, para garantir um atendimento de qualidade às nossas crianças se faz necessário um investimento coordenado nas dez dimensões da qualidade.
Abstract: The Brazilian education has acquired important conquests, especially in respect to the access to the school. Despite this, these conquests have not guaranteed educational quality in our institutions. Our data are based on ten structural dimensions of quality - Goals and objectives, experiences of leaming/curriculum, strategies of education and learning, planning, evaluation of records, organization of the technical team, physical space, relations and interactions, even opportunities, relative's partnership and family and community engagement, management and evaluation utilized by the Child's Association of Portugal. The question that guided our work was: How these domains are being contemplated in infantile institutions from the municipal public network in Fortaleza? We have applied as theoretical framework, the conceptions on the infantile development ofPiaget and Vygotsky and the ecology ofthe human development of Bronfenbrenner, because they emphasize the importance of the contexts and their interrelationships for the development of the individual. In orderto improve our data colletion, we have applied ten key-aspects of the infantile s education quality, proposed by Zabalza and the criteria for an attendance in day-care centers that respects the basic rights of the child, established for Campos. The dialogue with these authors was used to support our objectives in order to identify, diagnosis and analyze these dimensions of quality. We have chosen amongst different qualitative research approaches, the case study. We have conducted the research enrolling children aging four to tive years in two institutions that provided to different forms of attendance - an Infantile Education Center and a Child Education Unit. We establish the research procedures and necessary instruments for dimension analysis, as follows: comments, records and interviews. We have challenged ourselves to use, additionally, two novel research instruments that are: the child involvement scale and the adult engagement scale. We could identify amid ten dimensions of the quality, none was contemplated in a satisfactory fashion. In both institutions, environrnental spaces did not offer safety and unlikely were organized to enhance leaming. None of these two schools proposed goals have been reached and so objectives necessary to guide the institutional work have failed. Furthermore, we could not recognize the managing nucleus. We evidence that the technical teams ofthe two institutions were not able to use any instruments to monitor and to evaluate the quality of a given attendance. In both institutions, the criteria for team management has not been found, nor a project of continued formation. Teachers of both schools did not follow any educational planning; therefore they did not elaborate any learning strategies, compromising the learning experiences of the children. In addition, no forrn systematic evaluation was found. Teachers do not seem to be aware of the necessity to provi de same opportunities around the school space. The two institutions need to create a space of dialogue among professionals, educators and especially the children, profoundly affected from this. The relation with the family is limited to the moments of children delivery in the school. The focused institutions did not make systematic meetings with family members to argue the child development. In conclusion, in order to guarantee a better service to our children is imperative to follow a coordinated effort to contemplate the ten dimension ofthe quality.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/34020
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2004_dis_rnrocha.pdf100,74 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.