Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38405
Título: Fanzine: um estudo em descrição
Autor(es): Lopes, Maria Fabíola Vasconcelos
Palavras-chave: Marcadores deônticos
Uso
Conduta
Data do documento: 2018
Editor: Revista Entrepalavras
Citação: LOPES, Maria Fabíola Vasconcelos. Fanzine: um estudo em descrição. Revista Entrepalavras, Fortaleza, ano 8, v. 8, número especial, p. 189-204, set. 2018.
Resumo: Segundo Haubrich e Freitas (2015) as manifestações presentes em uma obra literária, espetáculo teatral ou produção cinematográfica, podem ter impactos nas interações sociais mobilizando sentidos. Nesse âmbito, entendemos que as Fanzines também sejam responsáveis por gerar sentidos que poderão ser aplicados à vida cotidiana, provocando uma determinada atitude nos leitores. Dessa forma, as fanzines inserem um caráter prescritivo embasado em valores deônticos que guiam o discurso dos enunciadores. Assim, objetivamos investigar de que maneira as expressões linguísticas da modalidade deôntica serviram para orientar a conduta em contexto que não ocorre face a face. Os procedimentos metodológicos se dão a partir da análise dos efeitos que os modalizadores deônticos exercem como norteadores do uso da língua na fanzine. Neves (2006) e Palmer (1986) dão suporte ao estudo. Portanto, o aporte teórico é de cunho funcionalista. Os resultados revelaram o uso dos verbos plenos (54,7%), auxiliares (39,1%), os valores de volição (23,7%), obrigação (14,4%) e ordem (11,0%), a não inclusão do falante (64,3%), inclusão (35,7%) e o indicativo (70,2%) nas enunciações. Por fim, esta pesquisa contribui para estudos descritivos de usos autênticos da língua. FUNCAP e UFC apoiaram o estudo.
Abstract: According to Haubrich and Freitas (2015) the manifestation present in a literary work, stage production or movie production, may have impact in social interactions mobilizing meanings. In this concern, we understand that fanzines are also responsible to generate meanings that could be applied to everyday life causing some attitude in the interlocutors. This way, Fanzines have a prescriptive character based on deontic values that guide the discourse of enunciators. So, we aim at investigating the ways the linguistic expression of deontic modality guided the conduct in a context that does not occur face to face. The methodological procedures are given from the analysis of the effects that deontic markers cause as guiding the use of the language in the fanzine. Neves (2006) and Palmer (1986) give support to the study. Therefore, the theoretical background is based on a Functionalist perspective. The results revealed the use of lexical verbs (54,7%), auxiliaries (39,1%), the values of volition (23,7%), obligation (14,4%) and commands (11,0%), the non-inclusion of speaker (64,3%), inclusion (35,7%) and the indicative (70,2%) in the enunciations. At last, this research contributes to the descriptive studies of authentic uses of language. FUNCAP and UFC gave support to the study.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38405
ISSN: 2237-6321
Aparece nas coleções:DLV - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_art_mfvlopes.pdf1,07 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.